A importância dos hormônios para o emagrecimento saudável

A maioria das pessoas quando engorda já pensa que a culpa é dos hormônios. Mas será que realmente isso é verdade? 

O meu convidado de hoje é o endocrinologista Leonardo Higashi, especialista em metabologia e nutrologia. Ele vai nos esclarecer sobre a importância dos hormônios para o emagrecimento saudável. A maioria das pessoas quando engorda já pensa que a culpa é deles. Mas será que realmente isso é verdade?

O aumento de peso é uma situação multifatorial, com claros fatores genéticos envolvidos, ou seja, a famosa “tendência” ou predisposição a engordar, sempre combinado a outros adicionais, como a falta de atividade física, alimentação incorreta, fatores de stress e psicológicos, alteração na flora intestinal, uso de medicamentos, fatores intrauterinos na gestação, exposição a toxinas, sociais e os famosos hormônios.

É verdade que tanto o excesso como a deficiência de alguns hormônios podem ajudar no aumento de gordura, por isso o balanço hormonal é fundamental para quem busca o emagrecimento.

Mas, infelizmente, o mundo moderno parece que conspira contra, predispondo a desequilibrar os nossos hormônios e, consequentemente, o indesejável aumento de gordura corporal. Vamos a alguns exemplos:

  • A vida estressante, de cobranças, pressões, faz desequilibrar o eixo da glândula Adrenal com aumento do cortisol (que em excesso) contribui para aumento do peso, e a busca pela ingestão de carboidratos
  • O sono de má qualidade diminui a produção de dois hormônios: a melatonina e o GH,  que acabam predispondo a resistência insulina (hormônio anabólico de gordura) e a leptina (hormônio que controla a fome), ou seja, fazendo você comer mais e acumulando mais gordura
  • Infelizmente entramos em contato diariamente com produtos de plásticos (BPA, fitalatos), agrotóxicos, metais pesados, fitohôrmonios (ex: soja), que geralmente faz ação de hormônio feminino e também ajuda a acumular mais gordura. Além disso, pode bloquear a ação de hormônios tiroidianos e contribuir para desequilíbrio da testosterona, levando também ao aumento da balança
  • Outro fator interessante é que uma vez que uma pessoa engorda, o organismo cria mecanismo que, infelizmente, faz ela engordar mais. Isso mesmo amigos, a obesidade perpetua o aumento de peso.A  gordura, principalmente na região abdominal, faz você criar uma situação chamada “resistência insulínica” e assim você a cada refeição (principalmente aquelas ricas em carboidratos), tem que secretar cada vez mais este hormônio (insulina) para colocar a glicose dentro da célula. Porém, a insulina possui uma via metabólica de anabolismo que “NUNCA” fica resistente, fazendo você acumular mais gordura a cada dia que passa
  • Outra situação é que o sobrepeso diminui a secreção de hormônios que ajudam a emagrecer, como GH e a testosterona, e aumentam a conversão de hormônios femininos e, estes em excesso, também contribuem para um maior acúmulo de gordura
  • Mais uma má notícia: toda vez que você emagrece o seu organismo tende a recuperar o peso perdido, principalmente baixando o gasto de energia. Um dos responsáveis por isso é a diminuição dos níveis de T3 (hormônio tiroidianos) que é um dos principais responsáveis pelo metabolismo celular.

Além de tudo isso não podemos esquecer que existem situações extremamente comuns, que contribuem para diminuição do metabolismo, como o hipotireoidismo, vulgarmente chamada de tireoide lenta, que pode afetar até 25% das mulheres em alguma etapa da vida.

A menopausa que todas enfrentarão pode diminuir em até 40% a taxa metabólica; já no homem a deficiência androgênica (conhecida popularmente por andropausa). Todos eles contribuem para dificultar a boa forma.

Não podemos esquecer que existem doenças que levam ao excesso da produção de alguns hormônios que também podem levar a obesidade, como a síndrome de Cushing, acromegalia e insulinoma, mas, felizmente, estas são situações extremamente raras.

Por isso a culpa do aumento de gordura corporal não é exclusivamente hormonal, ele é um dos muitos fatores que, quando em desequilíbrio, dificulta ou impede o emagrecimento saudável.

Sendo assim é extremamente importante que se corrija isso buscando um tratamento eficaz e duradouro.

Aí vai uma playlist para você: treino sucesso de djraasanderson