Marcas, ideias e pessoas que impactam no mundo da comunicação

Nova campanha da Apple incentiva usuário a limitar acesso de app

Com nova política de privacidade, atualização alerta usuários quando informações estiverem sendo monitoradas por aplicativos

atualizado 26/05/2021 20:01

appleUnsplash

A mais nova campanha publicitária da Apple chama-se “Tracked”. O filme é o terceiro desta temática que visa promover os novos serviços de privacidade do usuário, disponíveis no iOS 14 da marca, e mostrar por que eles devem limitar o rastreamento de aplicativos.

Com mudanças na política de privacidade, os usuários da Maçã têm acesso a uma atualização com a chamada “Tracking Transparency”, que alertará os usuários quando as informações estiverem sendo monitoradas por apps. Assim, a pessoa pode optar por não liberar o acesso.

De acordo com uma pesquisa da empresa de análise Flurry, aproximadamente 90% dos usuários do iOS 14.5 impedem que os aplicativos rastreiem suas atividades.

A sátira começa com o usuário comprando café. Quando ele sai do estabelecimento, o barista o segue, entra no mesmo táxi e informa o motorista sobre a data de nascimento do usuário. Conforme o vídeo avança, outros personagens aparecem revisando os documentos do protagonista e rastreando sua atividade. No entanto, quando ele ativa a limitação de rastreamento no iOS, os tais “rastreadores humanos” começam a desaparecer.

O assunto é uma bandeira defendida pela Maça nos últimos anos. Em 2019, a gigante da tecnologia lançou uma campanha também sobre privacidade e de novo em 2020.

No mês passado, em entrevista a podcast do The New York Times, Tim Cook disse que a sociedade como um todo vive uma crise de privacidade, já que as pessoas sequer são avisadas sobre esse tipo de prática dos aplicativos. A Apple, no entanto, afirma que a medida nos iPhones não é direcionada ao Facebook ou qualquer companhia, mas, sim, pensando no bem-estar do usuário.

 

Mais lidas
Últimas notícias