Justiça manda Rafinha Bastos apagar vídeos contra Marcius Melhem

Rafinha Bastos publicou vídeos nos quais teceu comentários pejorativos ao humorista e ex-diretor de humor da TV Globo

A juíza Tonia Yuka Koroku do Tribunal de Justiça de São Paulo determinou, nesta quarta-feira (20/01), que o influenciador digital Rafinha Bastos deve apagar os vídeos nos quais teceu comentários pejorativos ao humorista e ex-diretor de humor da TV Globo, Marcius Melhem. A multa é de R$ 500 diários, caso ele não cumpra com a ordem judicial.

“Quanto aos vídeos cuja exclusão ora determino, a medida se justifica pelo conteúdo ofensivo que ultrapassa o mero exercício da livre expressão do pensamento. Os direitos fundamentais não são absolutos. O limite está nos direitos fundamentais das outras pessoas que podem ser atingidas, como é o caso dos autos”, determinou a juíza sobre os vídeos que envolvem os supostos assédios sexuais e morais que Melhem teria cometido contra Dani Calabresa.

1/6
Rafinha Bastos
Marcius Melhem foi acusado de assédio por várias funcionárias da emissora
Marcius Melhem saiu da Globo após denúncias de assédio sexual
Rafinha disse que sentiu vontade de vomitar quando soube das acusações
Marcius Melhem trabalhou na Globo por 17 anos
O humorista é polêmico

Rafinha Bastos fez uma série de postagens ofensivas a Melhem e à TV Globo, acusando o humorista de ser um assediador e desferindo-lhe diversos xingamentos. Em 26 de outubro, o influenciador chegou a apagar um tweet que escreveu contra o Marcius, mas em dezembro voltou a atacá-lo, inclusive adulterando um vídeo.

A defesa do ex-diretor da Globo entrou com uma ação contra Rafael Bastos, na última sexta-feira (15/01), no valor de R$ 50 mil e com um pedido de retratação pública. O mérito da ação ainda não foi analisado pela Justiça.

Marcius Melhem move ainda processos contra o apresentador do SBT Danilo Gentili, o youtuber Felipe Castanhari e o ator da Globo Marcos Veras.