Tudo o que rola no universo dos famosos e da televisão, sob o olhar atento de Leo Dias e equipe.

Após receber homenagem, Adnet defende passaporte sanitário na Sapucaí

Humorista recebeu título na Câmara dos Vereadores do Rio de Janeiro e falou à coluna LeoDias sobre a polêmica em torno do Carnaval 2022

atualizado 29/11/2021 22:04

Marcelo AdnetDivulgação

Nesta segunda-feira (29/11), o humorista Marcelo Adnet recebeu o título de Personalidade Carioca do Ano, na categoria Carnaval. A honraria foi concedida ao ator pela Câmara dos Vereadores da capital fluminense. Presença constante nos desfiles da São Clemente, Adnet chegou a compor sambas para a escola e já teve participações marcantes em desfiles da agremiação criada no bairro de Botafogo, na zona sul do Rio. Após a homenagem, cercado pela imprensa, o comediante foi questionado a respeito da realização do Carnaval em 2022: “Pelo menos esse ano a gente tem todo mundo vacinado, né? A grande maioria da população vacinada. Eu acho que deveria ser um evento de entrada restrita para aqueles que se vacinaram, para reduzir os riscos, mas eu acho que o primeiro critério deveria ser o sanitário, para, aí sim, a gente poder dar esse passo”, disse.

Entusiasta do evento, o humorista fez questão de enfatizar que a exigência do comprovante de vacinação só é viável nos desfiles realizados na Sapucaí. “Carnaval de rua e outras manifestações, claro, você não tem essa oportunidade. Então é uma decisão muito difícil, até porque a gente tem que botar a cabeça lá em fevereiro, e a gente não sabe como é que vai ser o cenário em janeiro. Eu sou muito cuidadoso, eu primeiro gostaria de ter um aval técnico e sanitário, pra depois pensar no Carnaval. Mas é um setor inteiro que tá passando uma imensa dificuldade e agora seria o segundo ano sem Carnaval”, lembrou Adnet, para, em seguida, reforçar a importância econômica da festa: “O Carnaval aumenta muito a atividade econômica no Brasil. É um evento em que todo dinheiro investido volta, ele retorna pra sociedade, retorna pra todo mundo e é um evento muito democrático, né? Então, é um evento muito bonito e muito importante”.

0

Perguntado sobre uma possível liberação dos desfiles dos blocos de rua, Marcelo Adnet lembrou que a questão não pode ser decidida na base dos “achismos”. “Eu acho que isso é uma decisão a ser tomada por autoridades e é uma coisa que vai muito além do palpite. Eu acho que as autoridades têm que bater esse martelo!”.

Em 2022, o humorista estreia na função de carnavalesco, assinando o desfile do Botafogo Samba Clube, que desfila na Intendente Magalhães, na zona norte carioca. A escola de samba levará para a avenida a história do jornalista e treinador de futebol João Saldanha. “Eu faço porque eu amo!”, derramou-se o mais novo carnavalesco do Rio de Janeiro.

 

Para ficar por dentro de tudo sobre o universo dos famosos e do entretenimento, siga @leodias no Instagram.

Agora também estamos no Telegram! Clique aqui e receba todas as notícias e conteúdos exclusivos em primeira mão.

Mais lidas
Últimas notícias