Os bastidores das notícias, e os principais personagens, que movimentam a política do Distrito Federal

Secretaria de Saúde volta a autorizar férias e abono para servidores do DF

Benefícios estavam suspensos desde março de 2020, por causa da pandemia do coronavírus. Medida atende pedido do sindicato da categoria

atualizado 05/06/2020 14:40

Paciente-chegando-ao-Hran1Rafaela Felicciano/Metrópoles

A Secretaria de Saúde do Distrito Federal decidiu autorizar a retomada da concessão de férias e abono de até cinco dias para os servidores da pasta. Os benefícios estavam suspensos deste março desde ano, no início da pandemia do novo coronavírus, quando uma circular assinada pelo secretário Francisco Araújo Júnior determinou a medida.

No novo documento, o titular da pasta ressalta que “a marcação e a fruição destes benefícios, de forma excepcional, ficam condicionadas a não desassistência do serviço público”. O secretário também registra que a concessão será permitida, desde que respeitado o limite de liberação de até um terço dos profissionais.

Confira:

0

 

Araújo também explica que outras modalidades de afastamentos previstos em lei  serão analisadas, caso a caso, e deliberadas pela secretaria. “A presente deliberação não implica em autorização automática pela concessão, devendo cada gestor local conceder afastamentos legais, levando-se em conta as condições do caso concreto das
unidades, preservando o atendimento assistencial ao usuário do serviço público de saúde”.

Sobrecarga

A determinação da pasta ocorre três dias após o sindicato que representa a categoria reivindicar a retomada dos benefícios, uma vez que a entidade tem registrado aumento de afastamentos compulsórios de profissionais, por problemas de saúde, desde que o estado de calamidade pela Covid-19 foi decretado no Distrito Federal.

“É uma decisão sensata e sensível às dores que os servidores também enfrentam. Sabemos de inúmeros episódios de esgotamento de trabalhadores que estão no enfrentamento [ao coronavírus]. Essa pausa é necessária para que todos voltem ao trabalho com força total”, destacou a a presidente do Sindicato dos Empregados em Estabelecimentos de Saúde (SindSaúde-DF), Marli Rodrigues.

Ainda de acordo com a sindicalista: “A secretaria fará isso com cautela e responsabilidade, como tem ocorrido nessa gestão, e na certeza de que o atendimento ao público não será prejudicado nesse momento de pandemia”.

Últimas notícias