Os bastidores das notícias, e os principais personagens, que movimentam a política do Distrito Federal

Novela tucana: Robério Negreiros revida e dispara contra Izalci

Deputado distrital retrucou acusações feitas pelo presidente do PSDB-DF sobre postura exigida pela Executiva regional da sigla

atualizado 19/01/2018 13:03

Daniel Ferreira/Metrópoles

A determinação do presidente regional do Partido da Social Democracia Brasileira, deputado federal Izalci Lucas, em afastar integrantes da sigla e o Governo do Distrito Federal teve um novo capítulo na quinta-feira (18/1). Após o Metrópoles noticiar a pressão do deputado sobre os dissidentes para que deixassem cargos na gestão do governador Rodrigo Rollemberg (PSB), o representante da legenda na Câmara Legislativa, Robério Negreiros, decidiu subir o tom contra o atual cacique regional tucano.

Em ofício direcionado a Izalci Lucas (veja trechos abaixo), Negreiros revida e questiona a legitimidade do comando do parlamentar sobre o PSDB-DF, uma vez que a Executiva partidária, segundo o distrital, é composta “quase que na sua totalidade por funcionários” do gabinete do deputado federal.

No texto, Negreiros acusa o correligionário de “trabalhar pelos seus interesses pessoais e para o seu malsucedido projeto de candidatura ao Governo do Distrito Federal”, conforme registra o distrital no documento. No mesmo texto, ele afirma não pertencer à base aliada de Rollemberg. “Sou independente”, frisa.

Publicidade do parceiro Metrópoles 1
Publicidade do parceiro Metrópoles 2
0

Troca de farpas
A carta é uma resposta ao documento encaminhado em 15 de dezembro de 2017 ao distrital, no qual Izalci reclama dos posicionamentos políticos de Robério Negreiros. “Sua excelência ocupou cargos no governo local, apoiou matérias de interesse do GDF e manteve contratos de empresas de seus familiares com a administração pública distrital”, escreveu.

No texto, Izalci enfatiza que a legenda “não pode e não deve apoiar um governo marcado pela inaptidão administrativa, ausência de diálogo com servidores públicos e insensibilidade social.”


Do outro lado, o representante tucano na CLDF compara a situação do PSDB local à da esfera nacional, onde apesar de o partido ter deixado a base do governo do presidente da República Michael Temer (PMDB), Izalci Lucas manteria indicações políticas na Esplanada: “hipócrita”.

Apesar das críticas e da pressão do presidente do PSDB local para afastar do partido os que apoiam Rollemberg, ele disse não ter um levantamento preciso dos tucanos que hoje estão nos quadros do GDF.

“Nós não investigamos quem está no partido e quem ocupa cargo. Não tenho tempo para isso. O Conselho de Ética só atua quando é provocado, ele não pode ter a iniciativa de punir alguém”, explicou. Estimativas dão conta de que ao menos 15 tucanos estejam exercendo cargos de confiança na atual gestão do Governo do Distrito Federal.

De todos que foram notificados para deixar o Executivo distrital ou se afastar do PSDB, apenas Negreiros se manifestou. E Izalci não poupou críticas ao companheiro de partido. “Robério só pode ter problemas, ele não é normal. Tenho que me preocupar com o macro. Esse tipo de coisa eu mando para a secretária resolver”, ironizou.

Mais lidas
Últimas notícias