Os bastidores das notícias, e os principais personagens, que movimentam a política do Distrito Federal

MP arquiva denúncia criminal sobre máfia das licitações na Saúde do DF

Na decisão tomada, a 2ª Prosus afirmou que não há provas contundentes ou evidências para comprovar denúncia feita pelo governador do DF

atualizado 23/06/2022 16:47

Fachada do prédio do MPDFTRicardo Botelho/Especial Metrópoles

O Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT) arquivou uma investigação criminal sobre a suposta existência de “máfias” para fraudar licitações na Secretaria de Saúde. A decisão foi da 2ª Promotoria de Justiça de Defesa da Saúde (Prosus).

A denúncia foi feita pelo governador Ibaneis Rocha (MDB), no ano de 2020, durante uma entrevista dada a um jornal local da TV Globo.

De acordo com o MP, após a abertura do procedimento, foi expedido ofício para que o governador prestasse informações sobre as irregularidades por ele apontadas na TV.

Da mesma forma, a Prosus também requisitou à Secretaria de Saúde informações sobre as empresas prestadoras de serviço e os servidores públicos supostamente envolvidos.

O promotor Clayton Germano, da 2ª Prosus, explicou que a análise dos processos não indicou a existência de irregularidades.

O integrante do Ministério Público também informou que o GDF não forneceu provas contundentes sobre a existência de máfias na Saúde.

 

Mais lidas
Últimas notícias