Os bastidores das notícias, e os principais personagens, que movimentam a política do Distrito Federal

Mourão visita advogado atacado por olavistas em disputa por embaixada

Vice-presidente esteve no escritório de Murillo de Aragão, no Lago Sul, que teve o nome cotado para o posto diplomático em Washington (EUA)

atualizado 18/06/2019 22:27

Hugo Barreto / Metrópoles

No momento exato em que os senadores aprovavam a indicação do diplomata Ruy Pacheco de Azevedo Amaral para chefiar a embaixada brasileira na Jordânia, na noite desta terça-feira (18/06/2019), o vice-presidente Hamilton Mourão (PTRB) chegava na Península dos Ministros, no Lago Sul, para prestigiar jantar promovido pelo advogado e presidente da Arko Advice, Murillo de Aragão. Também cientista político, Aragão chegou a ter o nome cotado para assumir a Embaixada do Brasil em Washington, capital norte-americana.

O nome do empresário perdeu a força na disputa pelo principal posto diplomático brasileiro após o ideólogo Olavo de Carvalho ter chamado o postulante de “petista” e “alegre membro do Conselhão do Lula”, uma referência ao Conselho Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (CNDE), onde Aragão frequentou como representante da sociedade.

Na visão do guru do presidente Jair Bolsonaro (PSL), “Murilo Aragão, alegre membro do Conselhão do Lula, é, por motivos óbvios, o preferido do Mourão para embaixador nos EUA. Esse general está se revelando cada vez mais um petista como qualquer outro”, disse Olavo.

Na saída, Mourão não quis comentar o motivo de sua visita.

Últimas notícias