Os bastidores das notícias, e os principais personagens, que movimentam a política do Distrito Federal

Ibaneis diz que manterá Ericka Filippelli na Secretaria da Mulher

Apesar de ter pedido a dissolução do diretório do MDB-DF, comandado por Tadeu Filippelli, nora do ex-vice-governador continuará na pasta

atualizado 25/04/2019 19:01

Material cedido ao Metrópoles

O governador Ibaneis Rocha afirmou ao Metrópoles nesta quinta-feira (25/04/2019) que a secretária da Mulher do Distrito Federal, Ericka Filippelli, será mantida no cargo. Ela é nora do presidente da MDB-DF, Tadeu Filippelli, e também filiada à sigla pela qual o governador foi eleito.

A declaração foi dada no momento em que crescem as especulações de que a aliada seria penalizada após a disputa pelo comando local da legenda. O Metrópoles revelou a intenção do chefe do Executivo local e do presidente da Câmara Legislativa, Rafael Prudente (MDB), de dissolver o diretório regional da legenda e, com isso, afastar Filippelli da presidência. Com a crise interna, a permanência de Ericka Filippelli no Palácio do Buriti passou a ser questionada por aliados palacianos. Ibaneis, contudo, descartou a exoneração.

Ela não será exonerada. É uma grande mulher e uma grande parceira. Quero a Ericka como vice-presidente do MDB local e do MDB Mulher. Pessoalmente, não quero cargo na Executiva local. Por mim, ficam o Rafael Prudente, a Ericka, o Gustavo Ayres [atual vice-presidente], a Ana Paula Filippelli e quem mais for necessário para manter o partido unido. Não quero cargo na Executiva local

Ibaneis Rocha, governador do DF

Sobre a possível crise interna no MDB-DF, o titular do Palácio do Buriti afirma não querer embates. “Ele [Filippelli], com toda sua história, fica como nosso presidente de honra e nos orientando na transformação do partido, na mesma linha da que tem feito o Romero Jucá nacionalmente, conduzindo toda a renovação sem ser candidato à presidência do MDB”, reforçou.

Até a última atualização deste texto, a reportagem não havia conseguido contato com Ericka. Ela está em Bogotá, na Colômbia, onde representa o DF em congresso internacional sobre igualdade de gênero.

Mais lidas
Últimas notícias