Os bastidores das notícias, e os principais personagens, que movimentam a política do Distrito Federal

Hospital do DF ganha salas de apoio a mulheres vítimas de violência

Parceria entre ONG e seguradora garantiu espaço que conta com atendimento psicológico, de assistentes sociais, terapeutas e enfermeiros

atualizado 06/05/2021 15:08

Hugo Barreto/Metrópoles

O Hospital Regional do Paranoá inaugurou, nesta quinta-feira (6/5), um espaço com salas de apoio para mulheres vítimas de violência sexual e doméstica. O Espaço Laura Acolher foi construído pela parceria entre a CNP Seguros Holding Brasil e a ONG Amigos da Vida.

No ambiente, há três consultórios, que contarão com atendimento de psicólogos, assistentes sociais, terapeutas ocupacionais e também de enfermeiros. O atendimento multidisciplinar contribui para o fortalecimento da mulher e do resgate da autoestima das vítimas, e será realizado de maneira individualizada e reservada.

“A violência contra a mulher vem aumentando significativamente com a pandemia e, dentro desse contexto, é fundamental oferecermos um apoio multidisciplinar no acolhimento às vítimas dentro do nosso Espaço Laura do Hospital do Paranoá”, disse Christiano Ramos, presidente da Amigos da Vida.

Somente no Distrito Federal, duas mulheres são vítimas de violência doméstica a cada hora, segundo estudo da Secretaria de Segurança Pública (SSP-DF). “Temos muito orgulho em poder ajudar a dar um atendimento médico digno para essas vítimas”, afirma o diretor da secretaria-geral da CNP Seguros, Gregoire Saint Gal de Pons.

Outros três hospitais do DF contam com o Espaço Laura Acolher: o Hospital de Base (HBDF), o Hospital Materno Infantil de Brasília (Hmib) e o Hospital Universitário de Brasília (HUB).

Últimas notícias