Os bastidores das notícias, e os principais personagens, que movimentam a política do Distrito Federal

Fecomércio-DF anuncia nova unidade do Sesc na orla da Ponte JK

Localizado na beira do Lago Paranoá, espaço terá área gastronômica, de lazer e está prevista para ser inaugurada em dezembro de 2021

atualizado 18/12/2020 20:29

Francisco Maia, presidente da FecomércioFecomércio/Divulgação

O presidente da Federação do Comércio (Fecomércio-DF), Francisco Maia (foto em destaque), anunciou nesta sexta-feira (18/12) a construção de mais uma unidade do Serviço Social do Comércio (Sesc) no Distrito Federal. O novo local será erguido no Setor de Clubes Sul, na orla da Ponte JK. Com a sede, essa será a 12ª unidade brasiliense da entidade na capital federal.

O investimento em obras de construção, urbanização e paisagismo é estimado em torno de R$ 50 milhões dentro do terreno de 26.850 metros quadrados. O espaço terá a capacidade de receber, simultaneamente, cerca de três mil pessoas. A inauguração está prevista para dezembro de 2021.

“A nova sede do Sesc na orla do lago será um verdadeiro presente para Brasília. Vamos construir um polo cultural, de entretenimento e turismo. O projeto é bastante inovador e moderno, com construções inteligentes, integradas com a natureza e que permitirão ao brasiliense vivenciar experiências artísticas, gastronômicas e de lazer de frente para um dos principais cartões postais da cidade”, explicou Maia em conversa com o Metrópoles.

Segundo ele, há previsão para espaço de eventos, exposições artísticas, shows, mirante com vista para a orla, teatro de arena, restaurante escola do Senac e uma maria fumaça que permitirá uma volta aos tempos clássicos das estações de trem. “O espaço será aberto e acessível para toda população. Com esse Sesc ao lado da Ponte JK, queremos deixar um legado de inovação, cultura e economia criativa à altura da capital federal”, disse.

Veja as imagens:

0

O diretor-regional do Sesc-DF, Marco Tulio Chaparro, destacou a diversidade que a nova unidade irá trazer para a capital. “É um projeto inovador que vai reunir lazer, cultura, gastronomia e entretenimento. Pretendemos com esse novo espaço, possibilitar a atuação do Sesc-DF em projetos que ainda não temos condições por falta de um local próprio para ser esse polo”, afirmou.

Segundo ele, a ideia é aproveitar o espaço do terreno para criar espaços sem ferir a beleza do local. “Teremos uma arena para shows com capacidade de 1,2 mil pessoas, espaços internos, restaurante e ainda uma grande área ao ar livre para a convivência e contato com a natureza. É um projeto arquitetônico que ainda deve fomentar o turismo da cidade por estar localizado próximo à Ponte JK, com uma vista privilegiada”.

Últimas notícias