Os bastidores das notícias, e os principais personagens, que movimentam a política do Distrito Federal

Derrotada nas urnas, Sandra Faraj costura espaço no governo Bolsonaro

Deputada distrital não reeleita tem sido vista no Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB), sede do governo de transição do pesselista

atualizado 28/11/2018 8:20

Rafaela Felicciano/Metrópoles

Derrotada no projeto de reeleição, a deputada distrital e pastora Sandra Faraj (PR) tem dedicado os últimos dias na busca por espaço dentro do governo do presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL).

Com força entre a comunidade evangélica – o irmão dela, Fadi Faraj, é o líder do Ministério da Fé –, a parlamentar é vista com frequência no Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB), sede da transição.

Questionada pelo Metrópoles, a distrital não confirmou nem descartou a possibilidade de colaborar com a próxima gestão federal, e foi enigmática ao responder: “Um novo horizonte se desenha”.

Segundo ela, nesta teça-feira (27/11) houve uma reunião para tratar das áreas de desenvolvimento regional e esporte.

Mais lidas
Últimas notícias