Os bastidores das notícias, e os principais personagens, que movimentam a política do Distrito Federal

Deputado do DF assiste a Flamengo e Palmeiras no Mané Garrincha

Integrante da bancada evangélica, Julio Cesar Ribeiro publicou o registro nas redes sociais por ser "apoiador do esporte em Brasília"

atualizado 11/04/2021 15:21

Reprodução / Instagram

O deputado federal Julio Cesar Ribeiro (Republicanos-DF) foi um dos convidados para assistir, presencialmente, o jogo entre Flamengo e Palmeiras, realizado neste domingo (11/4) no Estádio Nacional Mané Garrincha, em Brasília. O time carioca foi o vencedor da Supercopa do Brasil.

O congressista fez parte de um pequeno grupo de pessoas convidadas de ambos os clubes e da Confederação Brasileira de Futebol (CFB). Julio Cesar é torcedor do Flamengo e aparece com um camisa oficial do time assinada por jogadores.

“Como apoiador do esporte em Brasília, estou no estádio Mané Garrincha assistindo Flamengo e Palmeiras. Qual seu palpite, Flamengo ou Palmeiras ? Vai, mengo”, escreveu ele na legenda do registro no Instagram.

Veja a publicação:


Metrópoles questionou a CBF sobre a presença dos convidados, que confirmou que eram pessoas indicadas pelos times e pela confederação, no entanto, não informou quantos estavam no estádio. Conforme prevê o protocolo de segurança, em cada partida, os clubes participantes podem chamar um número restrito de pessoas, geralmente são ligadas à diretoria das agremiações.

Torcedores de Flamengo e Palmeiras se concentraram atrás dos bancos de reservas dos times. Eles foram posicionados com distanciamento, usam máscara, mas houve abraços e gritos em momentos mais tensos do jogo.

Vale lembrar que a Supercopa do Brasil esteve ameaçada de não ocorrer em Brasília. Isso porque a Justiça Federal (TRF-1) determinou o retorno do lockdown na capital ao longo da semana, mas o Governo do Distrito Federal (GDF) entrou com recurso e conseguiu reverter a situação no Superior Tribunal de Justiça (STJ).

Às vésperas da Supercopa do Brasil no Mané Garrincha, o governador Ibaneis Rocha (MDB) chegou a cogitar a presença de público no estádio. O desejo do chefe do Executivo distrital era de que apenas profissionais da saúde vacinados estivessem na arena, mas a ideia foi rechaçada pela CBF.

Últimas notícias