Os bastidores das notícias, e os principais personagens, que movimentam a política do Distrito Federal

De olho na reeleição, Bolsonaro quer aumentar aliados no Congresso

No DF, presidente incentiva candidatura da ministra Flávia Arruda para ter margem maior de apoio nas votações em eventual novo mandato

atualizado 04/01/2022 16:17

Na imagem colorida, um homem está posicionado do lado direito da imagem. Ele usa camisa escura e olha seriamente para a direitaFábio Vieira/Metrópoles

O presidente Jair Bolsonaro (PL) tem preferido fortalecer candidaturas de nomes aliados que possam reforçar a bancada de apoiadores no Congresso Nacional para uma eventual reeleição em outubro deste ano.

Moro e Bolsonaro podem dividir palanque por aliança com Ratinho Júnior

A decisão explica a falta de palanques bolsonaristas definidos para candidatos a governadores nos estados e no Distrito Federal. O titular do Palácio do Planalto tenta garantir, com isso, uma margem maior de votações num eventual próximo mandato.

0

No caso de Brasília, Bolsonaro tenta impulsionar a candidatura da ministra da Secretaria de Governo, Flávia Arruda (PL), para conquistar uma das cadeiras no Senado Federal. Atualmente, os três integrantes da bancada distrital têm votado contra os interesses do Palácio do Planalto.

Com isso, a escolha sobre quem deve concorrer às chefias dos executivos estaduais e distrital ficará para um segundo momento. Afinal, o impacto de um governador oponente é, sem dúvida, menor que de um congressista com poder de voto.

Mais lidas
Últimas notícias