Os bastidores das notícias, e os principais personagens, que movimentam a política do Distrito Federal

CRM-DF declara ser contra lockdown em Brasília: “Se mostrou ineficaz”

A entidade ainda ressalta que "a restrição maior de liberdade causa o aumento da incidência de transtornos mentais"

atualizado 01/03/2021 14:57

Matheus Garzon/Metrópoles

O Conselho Regional de Medicina do DF (CRM-DF) declarou ser contra o lockdown decretado pelo governador Ibaneis Rocha (MDB) em Brasília, na sexta-feira (26/2).

Ofício encaminhado ao chefe do Executivo local diz: “O CRM-DF é contra o lockdown como medida de controle de transmissão”.

No documento, a entidade diz que o lockdown “já se mostrou ineficaz” e “atenta contra os direitos fundamentais da Carta Magna”.

Ao reforçar o posicionamento, o CRM destaca que “a restrição maior de liberdade causa o aumento da incidência de transtornos mentais e agravamento das demais doenças crônicas, além de prejuízo irremediável à economia”.

Leia o documento na íntegra:

Ofício CRM

Últimas notícias