Os bastidores das notícias, e os principais personagens, que movimentam a política do Distrito Federal

Com correção de 3,37%, veja quanto você vai pagar de CIP

Atualização do tributo seguiu o Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) de 2019, que alcançou o percentual até novembro de 2019

atualizado 02/01/2020 14:48

Felipe Menezes/Metrópoles

O Governo do Distrito Federal (GDF) confirmou nesta terça-feira (31/12/2019) a correção da Contribuição de Iluminação Pública (CIP), conforme antecipado pelo Metrópoles. A alteração seguiu o Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) acumulado de 2019. O percentual ficou em 3,37%. As informações foram publicadas em edição suplementar do Diário Oficial (DODF).

A medição anual leva em conta o acumulado entre os meses de novembro de cada ano. A informação é da Secretaria de Economia do Distrito Federal.

“O valor não é aumento e sim a reposição. Essa é mais uma contenção determinada pelo governador Ibaneis Rocha em favor da economia do Distrito Federal”, ressaltou Á época o secretário de Economia, André Clemente.

Por se enquadrar em atualização monetária, a lei atual dispensa a necessidade de a correção ser analisada pela Câmara Legislativa (CLDF). Quem pagou R$ 100 em 2019 terá de desembolsar R$ 103,37 no próximo ano.

O que é CIP?

A CIP é cobrada com base na fatura do consumo individual de energia elétrica, para contas domésticas ou comerciais. Os valores também são menores para imóveis residenciais.

A cifra vem incluída na própria conta de luz de cada contribuinte e é escalonada de acordo com a energia consumida.

Para o usuário que consome até 30 kW por mês, por exemplo, não há cobrança nos imóveis residenciais. Para lojas e comércios em geral, o custo é de R$ 2,57 (veja tabela abaixo).

Últimas notícias