Os bastidores das notícias, e os principais personagens, que movimentam a política do Distrito Federal

BRB começa a financiar imóveis da União que estão em fase de regularização

Para aderir, cliente precisa ter conta-corrente no banco, crédito mensal de salário na instituição, cartão de crédito BRB e app do banco

atualizado 05/06/2020 13:56

Agência BRB com homem passandoRaimundo Sampaio/Esp. Metrópoles

O Banco de Brasília (BRB) começou a oferecer uma modalidade inédita no país: permitir o financiamento de imóveis da União que estão em processo de regularização de documentos.

De acordo com a entidade, o financiamento de lotes urbanos é destinado a imóveis residenciais e comerciais de pessoas físicas ou jurídicas, e oferece taxa de juros a partir de 9,50%  ao ano, além da taxa referencial (TR).

A instituição explica que os clientes têm a possibilidade de financiamento de até 100% do imóvel, prazo de até 240 meses para o pagamento (com parcelas decrescentes), além da possibilidade de financiar custas cartorárias e o Imposto de Transmissão de Bens Imóveis (ITBI).

“O BRB segue exercendo seu papel de banco público e de protagonista do desenvolvimento econômico, social e humano do Distrito Federal e Entorno. Ser a instituição financeira pioneira na concessão de financiamento de imóveis em processo de regularização de propriedade da União é motivo de orgulho para todos nós e para o povo de Brasília”, afirma Paulo Henrique Costa, presidente da instituição.

Regulamentação

A concessão de financiamento para propriedades da União em fase de regularização foi possível por meio da nova regulamentação fundiária de bens da União, estabelecida na Portaria n° 2.826, de fevereiro deste ano, e que regulamentou a Lei n° 13.465.

Para a aquisição do financiamento, o cliente precisa, durante toda a vigência do contrato, ter conta-corrente no banco, crédito mensal de salário na instituição, cartão de crédito BRB e o aplicativo da instituição ativa.

0

Últimas notícias