Os bastidores das notícias, e os principais personagens, que movimentam a política do Distrito Federal

Assassinato de fundador do PSDB completa um mês sem desfecho

Antônio Sanchez Sales teve a casa invadida, no dia 10 de dezembro, e acabou morto após ser violentado com golpes no rosto

atualizado 10/01/2022 18:55

ANTÔNIO SANCHEZ SALESReprodução

A invasão da casa e os ataques que levaram a morte de Antônio Sanchez Sales (foto principal), um dos fundadores do Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB), completou um mês, nesta segunda-feira (10/1), e segue sem respostas.

O tucano que tinha 73 anos foi atingido com coronhadas e golpes na cabeça até perder parcialmente a consciência. A chácara onde a vítima morava fica perto do Varjão e o caso é de responsabilidade da 9ª Delegacia de Polícia (Lago Norte).

De acordo com as investigações, mais de 10 pessoas já foram ouvidas e diversas hipóteses ainda estão sendo avaliadas. Embora não seja descartado, não há indícios claros de que o crime tenha ocorrido por motivação política .

A polícia ainda aguarda laudos da criminalística que possam esclarecer alguns pontos considerados ainda “nebulosos”. Tratado como “prioridade” pelos investigadores, o caso e todas as medidas técnicas estão sendo manejadas para se chegar ao autor do crime.

0
Assassinato

Antes de morrer, o militante partidário foi brutalmente espancado com três golpes certeiros na região da nuca. A vítima sofreu múltiplas lesões na cabeça, rosto e tórax. O Metrópoles teve acesso exclusivo a um vídeo (veja abaixo) do momento em que o idoso foi encontrado, há um mês.

Sanchez Sales estava deitado na cama, completamente desfigurado e respirando com dificuldade quando foi encontrado pelo caseiro da propriedade.

O ex-militante não resistiu aos ferimentos e morreu seis dias depois, em decorrência de um traumatismo craniano. O enterro ocorreu no dia 19 do mês passado.

Ao redor da casa, havia respingos e uma barra de ferro suja de sangue, que teria sido usada nas agressões. Muitos golpes acertaram a face do idoso, que ficou desfigurado.

O travesseiro onde Sanchez estava deitado ficou embebido em sangue. Assustados, os funcionários que encontraram o homem acionaram o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e a Polícia Militar.

Veja imagens do momento em que o ex-fundador do PSDB é resgatado:

Mais lidas
Últimas notícias