Notícias, furos e bastidores de política e economia. Com Gustavo Zucchi

Temer diz que “pregará a paz” em reunião com ala lulista do MDB

Ex-presidente da República recebe nesta terça-feira (19/7), em São Paulo, lideranças do MDB que defendem apoio do partido a Lula

atualizado 19/07/2022 12:52

Daniel Ferreira/Metrópoles

O ex-presidente Michel Temer afirmou à coluna que “pregará a paz” durante o encontro que terá nesta terça-feira (19/7) com lideranças do MDB que defendem o apoio formal da sigla a Lula nas eleições deste ano.

A reunião está marcada para 15h, no escritório de Temer, em São Paulo, e acontecerá um dia após caciques emedebistas de 11 estados se reunirem com Lula para declarar apoio ao petista.

“Irei ouvi-los. Se eu prego a paz, será momento para pregação”, afirmou Temer à coluna, evitando responder diretamente como avalia o movimento da ala lulista do partido mesmo diante da pré-candidatura da senadora Simone Tebet (MDB-MS) ao Palácio do Planalto.

O encontro deve contar com a participação do ex-ministro Moreira Franco, um dos principais articuladores do impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff, mas que agora defende apoio do MDB a Lula este ano.

Na reunião desta terça, caciques do MDB tentarão convencer Temer de que não é prudente insistir na candidatura de Tebet. Também pedirão que o ex-presidente emedebista aceite conversar diretamente com Lula.

Essa ala do partido tenta uma conversa com o presidente nacional do MDB, Baleia Rossi. O dirigente, porém, está no interior de São Paulo e ainda não havia respondido ao pedido dos correligionários.

Mais lidas
Últimas notícias