Podemos filiará Deltan e deputados do Novo e PTB nas próximas semanas

Ideia do partido é fazer uma filiação por semana, para se manter em evidência no cenário político

O Podemos planeja, para as próximas semanas, uma série de filiações de figuras da Lava Jato e de deputados federais de outros partidos, entre eles, do Novo e do PTB de Roberto Jefferson.

Segundo a presidente da legenda, Renata Abreu, a ideia é fazer eventos de filiação toda semana, para manter a sigla em evidência. Para esta semana, a previsão é filiar o ex-ministro Santos Cruz.

Já em dezembro, a expectativa do partido é trazer o ex-procurador da Lava Jato Deltan Dallagnol, informou à coluna nesta terça-feira (23/11) o líder da legenda no Senado, Álvaro Dias (PR).

Nas últimas semanas, Dallagnol pediu exoneração do Ministério Público Federal para entrar na política. A ideia do Podemos é que o ex-procurador seja candidato a deputado federal em 2022.

Segundo Renata Abreu, também estão marcadas para as próximas semanas as filiações à sigla dos deputados federais Alex Fonteyne (Novo-SP) e Maurício Dziedricki (PTB-RS).

O gaúcho deve oficilizar sua ida à legenda no próximo fim de semana, em Porto Alegre, com as presenças da presidente do Podemos e do ex-juiz Sergio Moro, que se filiou à sigla para ser pré-candidato ao Palácio do Planalto.

Segundo Renata Abreu, o PTB deu uma carta de anuência para Dziedricki trocar de partido. Dessa forma, a sigla de Roberto Jefferson não poderá pedir o mandato do deputado na Justiça Eleitoral.