Notícias, furos e bastidores de política e economia. Com Gustavo Zucchi

MDB vai filiar cantor católico de olho em eleição para Câmara

MDB quer filiar figuras que podem ser puxadores de votos para Câmara, entre elas, o cantor Fábio Teruel e a enfermeira Mônica Calazans

atualizado 06/01/2022 8:48

Bloco do presidente da Câmara, Rodrigo Maia anuncia candidatura de Baleia Rossi para a presidência da Câmara dos DeputadosIgo Estrela/Metrópoles

De olho nas eleições de outubro, o MDB vem buscando filiar figuras que, na avaliação do partido, podem ser puxadores de votos na disputa pela Câmara dos Deputados.

Além da enfermeira Mônica Calazans, primeira pessoa a ser vacinada contra a Covid-19 no Brasil, a sigla vai filiar em breve o radialista e cantor católico Fábio Teruel.

A filiação de Teruel foi acertada pelo prefeito de São Paulo, Ricardo Nunes, que é do MDB. A esposa do cantor é a vereadora paulistana Ely Teruel (Podemos).

A entrada de Mônica no MDB, já concretizada, foi articulada diretamente pelo presidente nacional da legenda, deputado federal Baleia Rossi, que é de São Paulo.

A ideia da cúpula do MDB é que tanto o cantor católico quanto a enfermeira sejam candidatos a deputado federal por São Paulo este ano e atuem como puxadores de votos.

A eleição de 2022 será a primeira sem coligações partidárias. Com isso, as siglas precisarão ter bons desempenhos individuais para garantir o maior número de vagas na Câmara.

A eleição de uma bancada robusta para a Câmara é prioridade dos partidos, pois quanto mais deputados elegerem, maior será a fatia dos fundos eleitoral e partidário e do tempo de TV que as siglas terão direito.

Mais lidas
Últimas notícias