metropoles.com

Centrão prevê que Congresso aprovará reforma tributária “desidratada”

Caciques do Centrão lembram da desidratação da reforma da Previdência ao prever como serão os debates sobre a reforma tributária

atualizado

Compartilhar notícia

Paulo Sergio/Câmara dos Deputados
Plenário da Câmara dos Deputados- Metrópoles
1 de 1 Plenário da Câmara dos Deputados- Metrópoles - Foto: Paulo Sergio/Câmara dos Deputados

Apesar de o grupo de trabalho da reforma tributária sequer ter iniciado as discussões, lideranças do Centrão já fazem previsões de como será a proposta que acabará aprovada no Congresso Nacional.

Segundo os caciques, o destino da reforma deverá ser o mesmo de outras grandes PECs: começa de um tamanho nas comissões e acaba desidratada ao ser aprovada pelo plenário das duas Casas Legislativas.

Citam como exemplo a reforma da Previdência. Em 2019, quando o texto foi votado pelos deputados no plenário da Câmara, várias mudanças foram feitas ao longo da tramitação e impactaram na economia prevista pela PEC.

Dentre elas, os parlamentares votaram regras mais suaves para aposentadoria de mulheres. O relator, deputado Samuel Moreira (PSDB-SP), ainda tirou trechos que mudavam o Benefício de Prestação Continuada (BPC) e a aposentadoria rural.

A primeira reunião do grupo de trabalho da reforma tributária será na terça-feira (28/2), para apresentação do plano de trabalho. Há também uma reunião já marcada para quarta-feira (1º/3).

Compartilhar notícia

Quais assuntos você deseja receber?

sino

Parece que seu browser não está permitindo notificações. Siga os passos a baixo para habilitá-las:

1.

sino

Mais opções no Google Chrome

2.

sino

Configurações

3.

Configurações do site

4.

sino

Notificações

5.

sino

Os sites podem pedir para enviar notificações

metropoles.comIgor Gadelha

Você quer ficar por dentro da coluna Igor Gadelha e receber notificações em tempo real?

Notificações