Notícias, furos e bastidores de política e economia. Com Gustavo Zucchi e Victoria Abel

Bolsonaro rejeitou discurso para convenção escrito por empresário

Texto ignorado foi redigido por um empresário da área de comunicação e chegou a passar por revisão de Flávio Bolsonaro e Braga Netto

atualizado 24/07/2022 17:27

Jair Bolsonaro em convenção do PL Aline Massuca/ Metropoles

Integrantes da campanha à reeleição de Jair Bolsonaro fizeram de tudo para tentar convencer o presidente a fazer um discurso mais “light” na convenção do PL que oficializou sua candidatura à reeleição, neste domingo (24/7), no Rio de Janeiro.

Uma proposta de discurso chegou a ser escrita por um empresário da área de comunicação que está ajudando na campanha. O texto passou pela revisão do senador Flávio Bolsonaro (PL-RJ) e do general Braga Netto, que será o vice na chapa, mas foi rejeitado pelo presidente.

De acordo com auxiliares, Bolsonaro não gostou da proposta do discurso porque achou que o texto não tinha a sua cara. O presidente avaliou que o discurso sugerido era muito “moderado”, o que, na visão dele, não agradaria sua base eleitoral.

No fim das contas, Bolsonaro improvisou o discurso de pouco mais de uma hora. A maior parte foi dedicada para ressaltar as ações do governo. No final, porém, acabou atacando ministros do STF, frustrando mais uma vez o marketing da campanha.

Mais lidas
Últimas notícias