Presidente de sigla que elegeu Bolsonaro tenta ser vice de Sergio Moro

Luciano Bivar tem se aproximado da campanha de Sergio Moro ao Planalto

O presidente do PSL e futuro presidente do União Brasil, Luciano Bivar, tem se aproximado da campanha de Sergio Moro e se colocado como possível vice na chapa do ex-juiz ao Planalto. A presidente do Podemos, Renata Abreu, participa das conversas.

Na semana passada, Bivar surpreendeu aliados ao informar à cúpula do União Brasil, sigla que nascerá da fusão de PSL e DEM, que pretende se colocar como candidato a presidente. Para correligionários, o movimento é uma tentativa de se cacifar, na verdade, para ser vice de Moro ou outro nome da terceira via.

Oficialmente, o União Brasil ainda não saiu do papel, apesar do consentimento dos dois partidos envolvidos. Isso porque o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) precisa dar aval à nova legenda. O União Brasil prevê conseguir a autorização até março.

Nos últimos dias, Moro recebeu uma sugestão de outra parlamentar para ser sua vice em 2022: a senadora Eliziane Gama, do Cidadania do Maranhão. Essa tratativa também está em curso.

1/5
Ex-juiz Sergio Moro é aposta do Podemos para candidatura ao Planalto
Sergio Moro foi ministro da Justiça no governo Bolsonaro
Sergio Moro já prestou depoimento na PF sobre acusações contra Jair Bolsonaro
Ex-ministro Sergio Moro ao deixar cargo no governo Bolsonaro
Em 2018, Moro anuncia que aceitou cargo no governo Bolsonaro

Já leu todas as notas e reportagens da coluna hoje? Clique aqui.

Siga a coluna no Twitter e no Instagram para não perder nada.