Com Bruna Lima, Edoardo Ghirotto, Eduardo Barretto e Natália Portinari

O voto Castro-Lula ganha corpo no aniversário do governador do RJ

Cláudio Castro confraternizou boa parte da noite de seu aniversário ao lado de André Ceciliano, candidato do PT ao Senado no Rio de Janeiro

atualizado 30/03/2022 20:36

Bruna Lima/Metrópoles

O aniversário do governador do Rio de Janeiro, Cláudio Castro, na noite desta terça-feira (29/3), aqueceu o movimento pelo voto Castro-Lula, ou seja, de voto no candidato do PL de Bolsonaro para governador e em Lula para presidente.

Enquanto o governador confraternizava boa parte da noite ao lado de André Ceciliano, o presidente da Alerj e candidato do PT ao Senado, secretários e aliados de Castro repetiam rindo o apelido do voto casado nele e no ex-presidente. Também na festa, alguns políticos da Baixada Fluminense disseram que “é 22 no estado e 13 no nacional”.

Ceciliano é um dos principais interlocutores de Lula no Rio de Janeiro. Nesta semana, Ceciliano organizou um encontro do petista com cerca de dez prefeitos do estado. A maioria deles apoia a reeleição de Castro. No evento, o ex-presidente disse que estava aberto a dialogar e construir alianças com os municípios do interior fluminense sem cobrar apoio a Marcelo Freixo, candidato apoiado pelo PT ao governo.

Quase no fim da festa, enquanto um dos secretários mais importantes de Castro afirmava que “o Castro-Lula já é realidade”, Ceciliano se esbaldava com o governador e a primeira-dama para brindar ao som do refrão sertanejo “Bota o copo para o alto, vamos beber!”.

Publicidade do parceiro Metrópoles 1
0

Já leu todas as notas e reportagens da coluna hoje? Clique aqui.

Siga a coluna no Twitter e no Instagram para não perder nada.

Mais lidas
Siga as redes do Guilherme Amado
Últimas da coluna