Com Bruna Lima, Edoardo Ghirotto, Eduardo Barretto e Naomi Matsui

Miranda aciona PF por ameaças de morte que tem recebido

“Bolsonaro não levou ameaças a sério e foi esfaqueado”, diz deputado

atualizado 29/06/2021 12:18

Luis Miranda_CPI da CovidEdilson Rodrigues/Agência Senado

O deputado Luis Miranda acionou a PF por ameaças de morte que tem recebido nas redes sociais. A equipe do parlamentar vem reunindo todas as mensagens em um documento.

“Recebo ameaças o tempo todo, inclusive seríssimas contra minha vida, dizendo que eu merecia morrer pelo que fiz com o presidente. Lá atrás, o Bolsonaro não levou a sério as ameaças e foi esfaqueado. Sempre tem um cara louco o suficiente capaz de fazer uma besteira. Nunca se deve levar na brincadeira esse tipo de situação”, disse Miranda.

Contrariando pedidos do presidente da CPI da Covid, Omar Aziz, na última sexta-feira (25/06), Câmara e PF ainda não responderam se enviarão seguranças para o parlamentar. Até a noite desta segunda-feira (28/06), Miranda contava com o apoio apenas de um assessor especializado em defesa pessoal e evitava sair de casa.

Siga as redes do Guilherme Amado
Últimas da coluna