Com Bruna Lima, Edoardo Ghirotto, Eduardo Barretto e Paulo Cappelli

Ministros fazem tuitaço contra Lula com frase fora de contexto

Ministros de Bolsonaro deram uma demonstração do que vai ser o segundo turno das eleições e fizeram tuitaço contra Lula

atualizado 23/03/2022 19:37

Em entrevista na redação do Metrópoles, o ministro da Casa Civil Ciro Nogueira é fotografado gesticulando - MetrópolesArthur Menescal/Especial Metrópoles

Em uma demonstração do que vão ser as eleições, ministros do governo Bolsonaro se juntaram a apoiadores do presidente para fazer um tuitaço contra Lula e Roberto Requião, candidato do PT ao governo do Paraná. Com textos iguais, Ciro Nogueira, Fabio Faria, o deputado Eduardo Bolsonaro e o secretário de Cultura, Mario Frias, tuitaram um vídeo editado e fora de contexto. Diversos blogueiros bolsonaristas repetiram o ato.

“Ao lado de Lula e Stedile, o novo filiado do PT, Roberto Requião rejeita a propriedade privada e zomba de Deus”, escreveram os bolsonaristas no vídeo cortado em que Requião crítica a privatização de terras e da água.

À coluna, o pré-candidato do PT disse que ele não zombou de Deus e nem atacou a propriedade privada, apenas fez uma “consideração filosófica sobre a natureza da terra, da água e do ar como uma herança para todas as pessoas.”

“Nós, os seres vivos, herdamos a terra, o ar e a água. Quando se privatizam grandes latifúndios e terras, isso não se justifica. O que justifica a propriedade da terra é a sua utilização para produção de alimentos e preservação da natureza, para seu uso social”.

Já leu todas as notas e reportagens da coluna hoje? Clique aqui.

Siga a coluna no Twitter e no Instagram para não perder nada.

Mais lidas
Siga as redes do Guilherme Amado
Últimas da coluna