Com Bruna Lima, Edoardo Ghirotto, Eduardo Barretto e Paulo Cappelli

Michelle avisa que aparecerá na TV e viajará em campanha de Bolsonaro

Campanha de Bolsonaro avalia que Michelle precisa modular discurso de tom religioso

atualizado 05/08/2022 5:22

Michelle Bolsonaro, primeira-dama- MetrópolesFábio Vieira/Metrópoles

Michelle Bolsonaro sinalizou ao comando da campanha de Jair Bolsonaro que vai gravar inserções na televisão e viajar para reforçar a imagem do governo. A campanha espera começar as filmagens com a primeira-dama na próxima semana. A propaganda eleitoral na TV é permitida a partir do dia 16.

Auxiliares da campanha já vinham planejando uma agenda de viagens para Michelle desde o fim de julho, quando Michelle empolgou aliados ao discursar no lançamento da candidatura de Bolsonaro. Em junho, o cenário era outro: a primeira-dama havia frustrado a campanha ao cancelar sua participação em programas do PL na televisão.

Segundo a campanha, Michelle precisa modular seu discurso de tom religioso. No evento do PL, ela citou que o marido é um “escolhido de Deus”, e que a eleição é uma “luta contra potestades e principiados”. A avaliação é que Michelle desagrada aos católicos e outras religiões com essas declarações fortemente evangélicas.

A pesquisa Datafolha da última semana apontou que Lula tem 52% entre católicos, ante 25% de Bolsonaro. Entre os espíritas, Lula ganha do rival de 51% a 26%. Bolsonaro lidera entre os evangélicos: vence Lula por 43% a 33%.

Publicidade do parceiro Metrópoles
0

Mais lidas
Siga as redes do Guilherme Amado
Últimas da coluna