Com Bruna Lima, Edoardo Ghirotto, Eduardo Barretto e Lucas Marchesini

“Conselho Drummond” à toda para Record relançar obra do poeta

Todos os detalhes do lançamento são discutidos num grupo de WhatsApp, o Conselho Drummond, que reúne dois netos do poeta

atualizado 10/01/2022 16:47

Reprodução

A editora Record está dando os retoques finais no lançamento das novas edições da obra de Carlos Drummond de Andrade, autor cujos direitos autorais foram comprados pelo grupo carioca no ano passado. Serão lançados livros pela Record e pela José Olympio, a partir de março.

Todos os detalhes do lançamento são discutidos num grupo de WhatsApp, o Conselho Drummond, que reúne dois netos do poeta, Pedro e Luiz Maurício Drummond, a presidente da Record, Sônia Machado, os editores Rodrigo Lacerda, da Record, e Lívia Vianna, da José Olympio, além do professor de literatura Edmilson Sobreira Caminha Júnior, da Universidade de Brasília, e um dos maiores especialistas em Drummond no país.

Lá, eles conversam sobre cada uma das edições, que sairão em 2022: “Antologia poética”, “Alguma poesia”, “Sentimento do mundo” e “Claro enigma”, pela Record; e “Viola de bolso”, pela José Olympio.

Caminha também é quem está fazendo o chamado estabelecimento do texto, ou seja, lendo anotações e mudanças que Drummond fez em seus originais, o que até hoje não havia sido feito na obra do poeta. As novas edições trarão essas mudanças, passando a ser, portanto, as versões definitivas de cada texto de Drummond.

Já leu todas as notas e reportagens da coluna hoje? Clique aqui.

Siga a coluna no Twitter e no Instagram para não perder nada.

Mais lidas
Siga as redes do Guilherme Amado
Últimas da coluna