Com Bruna Lima, Edoardo Ghirotto, Eduardo Barretto e Lucas Marchesini

Com alta de licenças por Covid, Azul contrata mais comissários

A pedido de sindicato, Azul dará preferência para demitidos da Latam e Itapemirim, que fechou as portas bruscamente em dezembro

atualizado 07/01/2022 16:48

AzulDivulgação

A Azul Linhas Aéreas contratará mais comissários para compensar o alto número de licenças médicas por Covid e gripe em sua tripulação. Nesta sexta-feira (7/1), a companhia aceitou um pedido do Sindicato Nacional dos Aeronautas (SNA) e dará preferência para demitidos da Latam ou Itapemirim, que interrompeu bruscamente sua operação em dezembro.

Nesta quinta-feira (6/1), o Brasil registrou sua primeira morte pela variante Ômicron da Covid. O número de casos da doença tem disparado na virada do ano: a média móvel de casos diários triplicou nas últimas duas semanas e chegou a 12,4 mil diagnósticos positivos.

No último dia 17, a Itapemirim Transportes Aéreos (ITA) surpreendeu passageiros e funcionários ao interromper suas atividades abruptamente. Parte da tripulação ficou sabendo da suspensão quando os aviões já se preparavam para decolar. Cerca de 500 voos que estavam agendados até 31 de dezembro foram cancelados.

Antes do colapso, a ITA já era alvo de três processos na Justiça do Trabalho. A empresa recebeu aval para voar há apenas seis meses. O MP paulista, o Ministério da Justiça e o Procon de São Paulo investigam o caso.

0

Já leu todas as notas e reportagens da coluna hoje? Clique aqui.

Siga a coluna no Twitter e no Instagram para não perder nada.

Mais lidas
Siga as redes do Guilherme Amado
Últimas da coluna