Busca

Cine Ceará volta ao formato presencial e terá longa elogiado do Equador

O filme “Lo Invisible”, de Javier Andrade, foi o escolhido do Equador para representar o país no Oscar e será exibido no Cine Ceará

Após dois anos buscando formas de se adaptar à pandemia e diante dos efeitos da crise no audiovisual, o Cine Ceará, um dos principais festivais do Nordeste, voltará ao formato 100% presencial em sua 32ª edição, que vai de 7 a 13 de outubro.

Ao todo, 18 filmes serão exibidos nas principais mostras competitivas. Um dos mais esperados na Mostra Competitiva Ibero-americana é “Lo Invisible”, de Javier Andrade, longa escolhido pelo Equador para representar o país no Oscar 2023.

A história é construída em torno de Luisa (Anahí Honeisen), uma mulher de 45 anos que volta de um centro psiquiátrico depois de ser internada por um quadro de depressão pós-parto severa. Em casa, Luisa se vê em um novo tipo de confinamento em meio a parentes e empregados.

O filme teve sua estreia mundial no Festival Internacional de Cinema de Toronto e também foi indicado a Melhor Filme Ibero-americano no Festival de Cinema de Goya (Espanha) e nos Prêmios Macondo (Colômbia).