Avião de Marília Mendonça: saiba o modelo e situação na Anac

O avião que transportava a cantora Marília Mendonça estava em situação regular na Anac e foi fabricado em 1984

O avião que caiu com a cantora Marília Mendonça estava com registro regular para táxi aéreo, de acordo com o Registro Aeronáutico Brasileiro (RAB) da avião.

Ele foi comprado pela PEC Taxi Aéreo em julho do ano passado e tem capacidade para seis pessoas.

1/5
Avião com a cantora caiu no interior de MG
Três passageiros e dois tripulantes estavam a bordo
Aeronave caiu em área de cachoeira
Não houve sobreviventes
Marília se apresentaria em Caratinga (MG) na data em que o acidente ocorreu

O modelo da aeronave em que Marília Mendonça voava é um Beech Aircraft com duas turboélices. Ele está registrado para aviação privada, serviço de transporte aéreo público não regular e táxi aéreo.

O avião com a cantora Marília Mendonça caiu no município de Caratinga (MG). Não foi a primeira vez que ela teve problemas com aviões. Em 2018, um voo em que ela estava foi interceptado por fazer táxi aéreo irregular.

Ela também já compôs uma música que envolvia um caso de amor e um avião.

O certificado da aeronave está válido até 1 de julho de 2022 e foi emitido em 6 de agosto deste ano. A sua situação de aeronavegabilidade é normal.

Já leu todas as notas e reportagens da coluna hoje? Clique aqui.