André Mendonça diz que foi “predestinado por Deus” para assumir STF

Ministro “terrivelmente evangélico” de Jair Bolsonaro para o STF, André Mendonça comemora vitória em culto com Silas Malafaia

André Mendonça, futuro ministro do STF, afirmou nesta quinta-feira (9/12) que estava “predestinado por Deus” a chegar ao Supremo. Mendonça compareceu a um culto na igreja de Silas Malafaia, a Assembleia de Deus Vitória em Cristo, no Rio de Janeiro, para celebrar sua vitória.

“Não foi por causa de mim, nem de você que eu cheguei ao STF. Foi por Deus. Estava predestinado, tinha de chegar ao STF”, disse Mendonça aos fiéis, que lhe aplaudiram de pé depois que foi apresentado por Malafaia como seu “irmão”.

“O André tinha que chegar ao STF, estava nos planos de Deus”, acrescentou, falando de si mesmo.

O novo ministro entrou no templo acompanhado por Malafaia, pastor presidente da Assembleia de Deus, pelo governador do Rio de Janeiro, Cláudio Castro, e pelo menos cinco seguranças.

O ministro “terrivelmente evangélico” de Bolsonaro cantou louvores e acenou para os fiéis que estavam próximos aos lugares reservados para os convidados e pastores.

“Ele não é só um ministro pastor, ele é um pastor evangélico”, gritou Malafaia, que levou os fiéis a entoarem gritos de louvor.

Mendonça foi convidado a subir no altar para dar uma palavra à igreja. Ao iniciar sua fala, o novo ministro do STF agradeceu a Malafaia pela oportunidade e disse que se sentia honrado de ter convivido mais com o pastor nos últimos meses.

“Eu estou aqui, na igreja certa, no culto certo, o culto da Vitória”, disse.

Já leu todas as notas e reportagens da coluna hoje? Clique aqui.

Siga a coluna no Twitter e no Instagram para não perder nada.