Com Bruna Lima, Edoardo Ghirotto, Eduardo Barretto e Paulo Cappelli

Alckmin escala quatro representantes sindicais para grupo do Trabalho

Alckmin fará o anúncio dos novos nomes da transição nesta manhã, em Brasília

atualizado 15/11/2022 22:50

Na foto colorida Vice-presidente eleito Geraldo Alckmin, Aloizio Mercadante, deputada federal Gleisi Hoffman e ex-deputado Floriano Pesaro durante coletiva de imprensa no CCBB - Metrópoles Vinícius Schmidt/Metrópoles

O vice-presidente eleito, Geraldo Alckmin, anunciará nesta quarta-feira (16/11) a formação do grupo de transição do governo Lula para o Trabalho.

Quatro representantes sindicais estarão no grupo: Sérgio Nobre, presidente nacional da CUT, Miguel Torres, presidente da Força Sindical, Ricardo Patah, presidente da UGT, e Adilson Araújo, presidente da CTB.

A inclusão das lideranças marca a retomada da interlocução do governo federal com as centrais sindicais. Os laços ficaram rompidos durante todo o governo Bolsonaro.

Alckmin fará o anúncio dos novos nomes da transição nesta manhã, em Brasília.

Mais lidas
Siga as redes do Guilherme Amado
Últimas da coluna