Observadora do cenário político do DF, lança luz nos bastidores do poder na capital.

Candidata que pediu para não votarem nela teve quase 10 mil votos

Yara Prado fez pedido explícito para que eleitores não votassem nela, mas, mesmo assim, recebeu quase 10 mil votos

atualizado 03/10/2022 14:34

Izalci em campanha Divulgação

A candidata ao Senado pelo PSDB no Distrito Federal, Yara Prado, recebeu quase 10 mil votos, mesmo após pedir explicitamente para que os eleitores não votassem nela.

No total, 9.676 votos foram destinados à candidata, que ficou em quinto lugar na disputa pelo Senado. Damares Alves (Republicanos) foi eleita, com 714.562 votos.

Damares Alves é eleita senadora pelo Distrito Federal. Mandato vai até 2030

Na noite de sábado (1º/10), véspera das eleições, Yara comunicou que os votos destinados a ela poderiam ser anulados. E foi exatamente o que aconteceu com o total recebido pela tucana.

Veja:

Imagem digital de resultado de votação de candidata
Candidata que pediu para não votarem nela recebeu quase 10 mil votos

“Não vote em mim. Não desperdice o seu voto. Calma. Eu estou completamente elegível. Não tem nada de errado comigo ou com a minha candidatura. Mas a nossa chapa teve o indeferimento de um dos suplentes. Estou muito triste e decepcionada. Não acho justo que vocês vão, amanhã (domingo), votar sabendo que meus votos serão anulados”, disse, em vídeo publicado nas mídias sociais.

Yara Prado também teve o registro de candidatura indeferido pelo Tribunal Regional Eleitoral do Distrito Federal (TRE-DF).

Mais lidas
Últimas notícias