Maiores do Brasil devem quase R$ 10 bi. Saiba como está o seu time

Levantamento da consultoria Sport Value aponta o tamanho do rombo dos 20 maiores clubes do futebol brasileiro

atualizado 26/05/2022 12:10

Um levantamento feito pela consultoria Sport Value mostrou uma radiografia completa das finanças das equipes brasileiras em 2021. O balanço aponta que, somados os 20 times analisados, houve uma leve redução do endividamento, mas não há motivos para comemorar. Se somarmos as dívidas desses clubes, chegaremos à estratosférica soma de R$ 9,8 bilhões. 

Veja o vídeo nessa postagem analisando a situação dos endividados, e saiba, na lista abaixo, qual é a posição do seu time nesse ranking, inclusive com uma comparação em relação aos débitos do ano de 2020.

 

O Top-20

1° lugar – Atlético Mineiro: R$ 1,26 bilhão de dívida total em 2021 (era R$ 1,2 bilhão até 2020);

2° lugar – Cruzeiro: R$ 1,02 bilhão de dívida total em 2021 (era R$ 949,2 milhões até 2020);

3° lugar – Corinthians: R$ 912 milhões de dívida total em 2021 / (era R$ 962,6 milhões até 2020);  

4° lugar – Internacional: R$ 864,2 milhões de dívida total em 2021  (era R$ 882,9 milhões até 2020);

5° lugar – Botafogo: R$ 862,9 milhões de dívida total em 2021  (era R$ 941,1 milhões até 2020);

6° lugar – Vasco: R$ 709,8 milhões de dívida total em 2021  (era R$ 828,3 milhões até 2020);

7° lugar – Fluminense: R$ 664,2 milhões de dívida total em 2021  (era R$ 649,1 milhões até 2020);

8° lugar – São Paulo: R$ 642,5 milhões de dívida total em 2021  (era R$ 575 milhões até 2020);

9° lugar – Santos: R$ 509,1 milhões de dívida total em 2021  (era R$ 568,5 milhões até 2020);

10° lugar – Palmeiras: R$ 434,1 milhões de dívida total em 2021  (era R$ 565,2 milhões até 2020);

11° lugar – Flamengo: R$ 428,2 milhões de dívida total em 2021  (era R$ 748,9 milhões até 2020);

12° lugar – Grêmio: R$ 401,8 milhões de dívida total em 2021  (era R$ 396,2 milhões até 2020);

13° lugar – Red Bull Bragantino: R$ 274,9 milhões de dívida total em 2021  (era R$ 144 milhões até 2020);

14° lugar – Sport: R$ 230,5 milhões de dívida total em 2021  (era R$ 178,8 milhões até 2020);

15° lugar – Bahia: R$ 225,3 milhões de dívida total em 2021  (era R$ 267,9 milhões até 2020);

16° lugar – Athletico Paranaense: R$ 191,4 milhões de dívida total em 2021  (era R$ 200,3 milhões até 2020);

17° lugar – América Mineiro: R$ 91,7 milhões de dívida total em 2021  (era R$ 86,4 milhões até 2020);

18° lugar – Fortaleza: R$ 36,2 milhões de dívida total em 2021 (era R$ 38 milhões até 2020);

19° lugar – Ceará: RS 31,8 milhões de dívida total em 2021  (era R$ 26,5 milhões até 2020);

20° lugar – Atletico Goianiense: R$ 8,8 milhões de dívida total em 2021  (era R$ 33,3 milhões até 2020);

Para acompanhar as atualizações da coluna, siga o “Futebol Etc” no Twitter; e também no Instagram.

Quer ficar por dentro de tudo que rola no mundo dos esportes e receber as notícias direto no seu Telegram? Entre no canal do Metrópoles.

Mais lidas
Últimas notícias