Carros em uma velocidade e precisão que você ainda não viu.

Preços da nova Chevrolet S10 reestilizada vão de R$ 125.390 a R$ 213.290

Picape tem conexão Wi-Fi, nova central multimídia, seis airbags para a versão topo de linha, frenagem de emergência e detector de pedestres

atualizado 28/07/2020 16:27

Foto: GM Mercosul/Divulgação

A Chevrolet S10 é a primeira picape do país a ter conexão Wi Fi nativa – e que está sendo ‘vendida’ com um grande diferencial para o público consumidor da picape, os produtores rurais, criadores de gado, seja adultos sóbrios ou os chamados agroboys: o sinal até 12 vezes mais estável que o de um smartphone garante ao comprador uma conectividade permanente. 

 

A General Motors entende que, da pecuária até a agricultura, tudo gira em torno da conectividade – e a picape acaba se transformando no escritório do homem do campo, sendo a internet uma ferramenta de trabalho estratégica para administrar e operar o negócio em tempo real.

E a internet, segundo os dirigentes, é rápida, graças a antena que amplifica a conexão à rede 4G. Dois detalhes bem legais: é possível ter sinal a uma distância de até 15 metros de distância do carro e sete pessoas podem usar a rede de forma simultânea.  

0

Ainda dentro do pacote de conectividade: a S10 foi escolhida para apresentar aos clientes da marca norte-americana a nova geração do multimídia MyLink, que dispensa o uso do fio para o Android Auto e o Apple Car Play. 

Por fim, todo esse aparato tecnológico permite que até as atualizações de sistemas eletrônicos do veículo sejam feitas remotamente. A picape é capaz de identificar a necessidade de troca de óleo, por exemplo, e enviar um alerta para o WhatsApp do dono. E ele pode também começar a refrigerar a cabine de longe, por meio do novo aplicativo myChevrolet. 

Pacote de segurança
Bem, a S10 evoluiu neste quesito. Um item bem relevante no pacote de segurança dela é o sistema de frenagem autônoma de emergência: ele freia automaticamente ao identificar uma situação de risco. Vale, claro, outro veículo à frente, mas é o melhor é que garante a vida de um pedestre – desde que a picape esteja entre 8 km/h e 80 km/h. O sistema identifica se o motorista está distraído ou que o veículo à frente fez uma barbeiragem, digamos assim.

E mais: uma  câmera instalada no alto do para-brisa ajuda o condutor numa frenagem de emergência (em versões mais caras, a S10 já tinha alerta de colisão frontal e alerta de saída da pista). 

A High Country fica de novo como topo de linha – e surpreende por não ter a tradicional gravata borboleta dourada, símbolo da marca. Uma faixa com o nome Chevrolet se estende de ponta a ponta. A grade, aliás, agora treliçada


Versões e preços

Com motor 2.5 flex

Advantage – R$ 125.390 (câmbio manual)

LT – R$ 141.990

LTZ – R$ 146.790

LTZ 4X4 – R$ 156.690

Com motor diesel

LS – R$ 169.200 (câmbio manual)

LT – R$ 187.590

LTZ – R$ 206.190

High Country – R$ 212.290

Diesel cabine simples (câmbio manual):

LS cabine simples – R$ 167.200

Cabine sobre chassi – R$ 158.500


E mais: 

Na parte traseira, a picape que vem com câmera de ré projeta imagens de alta definição e conta com a função de engate. Traz linha-guia específica e zoom para facilitar a operação. A câmera traseira pode ser acionada em plena viagem para uma checagem da situação do reboque.

A S10 tem também controle eletrônico de oscilação do trailer, capaz identificar instabilidade dinâmica da carreta e frear seletivamente as rodas da picape.

Pensando na meninada: a picape também vem com sistema Isofix e Toptether para fixação de cadeirinha infantil nas versões de cabine dupla.

O motor da linha 2021 do modelo ganhou uma nova turbina, a mesma que equipa a picape Chevrolet Colorado norte-americana. Os engenheiros prometem: o motorista vai sentir uma picape muito mais esperta e divertida de guiar.

A nova calibração do motor gera 200 cavalos de potência e 51kgfm de força.


 

Últimas notícias