Carros em uma velocidade e precisão que você ainda não viu.

O luxo reciclado do Volvo C40: chega a garrafa PET e sai o couro

Primeiro modelo nascido 100% elétrico da marca sueca quer ser o carro mais ambientalmente sustentável do Brasil. Preço? R$ 420 mil

atualizado 25/03/2022 11:00

Foto Pedro Dantas/Volvo Cars

Lembram do tempo em que carro chique era aquele que tinha bancos de couro? Esqueça de vez. O SUV de estilo cupê C40 (ou crossover), novo modelo da marca sueca que acaba de chegar ao Brasil, já nasceu 100% elétrico e é cheio de coisas interessantes: como não ter nada de couro no seu interior. O produto de origem animal foi abolido, mas a sofisticação talvez tenha até aumentado. 

Esse carro, em nome de uma ‘posição ética a favor do bem-estar animal’ por parte da empresa, dará a largada no compromisso de que todos os seus futuros modelos totalmente elétricos não usem mais o couro e, sim, materiais de qualidade feitos de fontes sustentáveis. Isso vale para os bancos, o volante, estofamentos e a alavanca de câmbio. 

E mas: as superfícies dos tapetes são feitas de garrafas PET recicladas – e os demais materiais são à base de plásticos e de PVC com suporte têxtil de poliéster, ambos reciclados, claro. Aliás, o interior traz um sofisticado acabamento com detalhes translúcidos em formas de mapas topográficos – segundo a marca, inspirado no Parque Nacional de Abisko, no norte da Suécia. 

0

O teto panorâmico (que se estende desde os bancos traseiros até os bancos dianteiros) é outro destaque do C40 Recharge: ele é de vidro escuro laminado fixo de alta tecnologia. Ajuda na redução de ruídos externos, minimiza a entrada de luz em até 95%, oferece proteção UV de 99,5% e bloqueia cerca de 80% da radiação de calor do sol. 

E outra curiosidade bem legal do C40: ele não tem botão de partida. O carro é ligado no momento em que o condutor entra com a chave no bolso, afivela os cintos e põe o câmbio na posição D. Para desligar, basta colocar em P e sair do veículo. E mais uma: como obviamente não tem o motor à combustão na parte dianteira, o dono ganhou um bagageiro frontal.

O modelo tem um pacote de serviços agregados por três anos, internet disponível na central multimídia e custa R$ 420 mil. 

Ele vem com dois motores elétricos com tração nas quatro rodas que geram 408cv de potência máxima e 66,0kgfm de torque – acelerando de 0 a 100km/h em apenas 4,7 segundos. A autonomia é de até 440 km. 


Outras novidades

One Pedal Drive – Esse recurso pode ser acionado dentro do veículo e torna a aceleração e frenagem muito mais práticas por meio de um único pedal: para acelerar, basta pressionar e, para frear, é só ir aliviando o pé que o carro vai parando de acordo com a força que é exercida. Uma vez utilizando essa funcionalidade, a regeneração de energia se torna ainda mais eficiente, e ainda amplia a autonomia.

Google Automotive – Integra o carro a diversos recursos do Google – de entretenimento, informação, conectividade… Os aplicativos nativos no carro são baixados via Google Play para controlar a temperatura, definir destino, tocar música e podcasts, enviar mensagens. E tudo por comando de voz.


Segurança

Como tem tradição nessa área de proteção ao motorista e pedestres, a Volvo encheu o C40 Recharge de assistências eletrônicas. 

  1. Tem, por exemplo, câmera 360 graus que, junto ao alerta de tráfego cruzado e frenagem automática, auxilia e evita colisões em saídas e entradas de vagas de estacionamento.
  2. Tem o sistema de alerta de mudança de faixa e o de ponto cego.
  3. O city safety, reconhece pedestres, ciclistas e animais de grande porte e pode frear e até esterçar o volante para evitar ou minimizar uma colisão. 
  4. O pilot assist e controle de cruzeiro adaptativo conta com sensores e câmeras que monitoram as faixas das vias e um sistema que comanda a aceleração e a frenagem auxiliando no deslocamento do veículo, por exemplo, ao contornar curvas abertas em rodovias, além de controlar a distância do carro adiante.

 

Mais lidas
Últimas notícias