Carros em uma velocidade e precisão que você ainda não viu.

Nova Fiorino, o carro do empreendedor: valente, seguro, econômico

Modelo da Fiat ganha, enfim, novo design e agora oferta até com controles de estabilidade e tração. Consumo de combustível melhora

atualizado 03/12/2021 14:15

Foto: Stellantis/Divulgação

A pequena van Fiorino, a eterna feinha, está presente na vida dos brasileiros desde 1980 – sempre como referência entre os veículos comerciais leves e líder do segmento Vans com mais de 90% de participação de mercado. Sempre foi o desejo de pequenos comerciantes – dos mangaieros, dos ambulantes, dos donos de sapatarias, dos fretistas e transportadores autônomos, dos açougueiros… Finalmente, a Fiat resolveu dar um trato e encheu a linha 2022 de novidades. Com capacidade de carga de 650 kg, a nova Fiorino chega às lojas na versão Endurance 1.4 Flex por R$ 99.990. Confiram os detalhes!

E como nada é mais importante do que segurança, a Nova Fiorino incorpora controle de tração e estabilidade (ESC) de série. O equipamento usa diversos sensores que, ao detectar uma situação de risco para o veículo, atuam no freio e no acelerador para permitir que o motorista retome o controle. E aciona automaticamente as luzes indicadoras de direção e pisca as luzes de freio, alertando os outros motoristas e reduzindo o risco de colisões traseiras.

Foto: Stellantis/Divulgação

O controle de estabilidade inclui também o recurso de assistente de partida em rampa (Hill Holder), um excelente aliado no dia a dia dos deslocamentos urbanos. O sistema traz mais segurança nas manobras ao detectar quando o veículo está parado em um piso inclinado, mantendo os freios acionados por alguns segundos. Isso facilita a saída de semáforos e rampas. O recurso também é ativado em descidas, tornando as manobras de ré mais fáceis.

Design

O visual da italianinha totalmente projetada e fabricada no Polo de Betim (MG) mudou. Na dianteira, novos faróis, mais afilados e com máscara negra, contornados pelos para-choques, para-lamas e capô redesenhados. A lateral ganha painel de porta, que protege a carroceria de pequenas batidas no dia a dia. O interior continua funcional, mas o painel foi completamente reformulado com saídas de ar-condicionado retangulares.

Foto: Stellantis/Divulgação

O novo cluster inclui computador de bordo com seis funções, conta-giros e hodômetro parcial digital. O volante passa a ter regulagem de altura de série. Os tons internos, no geral, são escurecidos e há mais 4 porta-objetos, totalizando 13 compartimentos, que somam 18,3 litros — 10% mais volume que o modelo anterior. Entre eles está o exclusivo espaço para máquina de cartão na porta, além da área acima do porta-luvas iluminado e nos novos painéis de portas.


O conforto é garantido por uma boa lista de equipamentos de série: direção hidráulica, ar-condicionado, banco do motorista com regulagem de altura, vidros e travas elétricas, chave com telecomando, predisposição para som, protetor de cárter, alarme e faróis de neblina, essenciais em situação de baixa visibilidade.

Os bancos estão mais confortáveis, com melhora significativa em relação ao conjunto anterior e superando até modelos de passeio da concorrência, pois usam material mais resistente. O clima na cabine também será sempre agradável, graças ao ar-condicionado recalibrado, capaz de resfriar o interior da van em até 6º C nos primeiros 15 minutos de funcionamento – o que significa um resfriamento 18% mais rápido da cabine.

Motor
Usa o motor 1.4 EVO Flex, agora ajustado para atender às novas regras de emissões e ruído do Proconve (PL7). Com bom torque em baixas rotações, o propulsor ficou mais econômico, com uma redução de até 11,8% no consumo de gasolina (a melhora com etanol foi de 8,3%). Ele gera até 86 cv de potência e torque de até 12,0kgfm.

Mais lidas
Últimas notícias