Carros em uma velocidade e precisão que você ainda não viu.

GM vai produzir picape para concorrer com a Fiat Toro

Modelo Chevrolet será inédito, ´inovador´ e fará parte da linha S10, embora inspirada no SUV Tracker; Montana deverá ser descontinuada

atualizado 10/05/2021 13:40

Foto: GM Mercosul/Divulgação

O novo carro da General Motors será fabricado em São Caetano do Sul e está sendo desenvolvido dentro do atual plano de investimentos de R$ 10 bilhões que a empresa retomou recentemente em São Paulo – e que vai servir para a renovação do portfólio e para o desenvolvimento de novas tecnologias.

“O modelo vai estrear um conceito completamente inovador para a marca no segmento de veículos utilitários”, explica Carlos Zarlenga, presidente da GM América do Sul. Embora não dê detalhes, Zarlenga diz que o futuro utilitário vai ampliar a presença da Chevrolet neste “próspero segmento”. 

A picape ocupará o espaço da Montana (baseada no Agile), mas será maior. Há informações de bastidores de que ela usará muitas peças do SUV Tracker – incluindo motores. 

A geração fará parte da nova família de veículos globais da Chevrolet, como Onix, Onix Plus e o próprio Tracker – o veículo de passeio que mais cresceu em volume de emplacamentos, com um incremento de quase 12 mil unidades ante o mesmo período do ano passado. 


E mais

A nova picape pode ainda está dentro desta meta, mas a intenção da GM é ofertar veículos zero emissão e eliminar totalmente as emissões de novos veículos leves até 2035.

Os ajustes na fábrica para recebê-la já estão em andamento. Ela será preparada por etapas, para reduzir os impactos na produtividade. 

Entre as inovações, um novo equipamento que movimenta os carros pela linha de montagem capaz de ajustar-se em qualquer altura, entregando a condição ergonômica mais correta para a execução de cada operação. 

Parte da produção do novo modelo será exportada para mercados estratégicos da GM na região.


100 mil

O primeiro SUV compacto da Chevrolet fabricado no Brasil acaba de completar 100 mil unidades produzidas. O feito alcançado pelo novo Tracker um ano após o lançamento, sendo um terço do volume destinado à exportação. 

Foto: GM Mercosul/Divulgação

O segmento dos SUVs é hoje o que mais cresce no país, com um incremento superior a 20% nas vendas, considerando os números do fechamento do primeiro trimestre deste ano.

O modelo usa uma nova arquitetura global, motorização turbo de alto desempenho e eficiência energética e itens de conectividade, como o Wi-Fi nativo, e de comodidade, como o assistente de estacionamento automático


 

Últimas notícias