Carros em uma velocidade e precisão que você ainda não viu.

Chevrolet Trailblazer chega às lojas de visual renovado e conexão Wi-Fi 

Utilitário manteve o antigo motor, passou por reestilização semelhante à da S10 e ficou mais tecnológico e seguro. O preço é R$ 270 mil

atualizado 28/09/2020 11:17

Foto: GM Mercosul/Divulgação

O renovado SUV Trailblazer, irmão da picape S10, começa a chegar às concessionárias da Chevrolet até o fim deste mês. Só oferecido em versão única, a Premier, vem com sete lugares e motor turbodiesel de 200 cv de potência e 52 kgfm de torque – e transmissão automática de seis marchas com tração 4×4. Preço? R$ 270 mil.  

A renovação faz parte da estratégia da marca de manter ou aumentar participação nesse mercado de SUVs – em alta, por sinal. É o que mais cresce e já representa um em cada quatro automóveis emplacados no país. A Chevrolet, em relação a vendas, é destaque com 45% de crescimento no acumulado do ano, em virtude da aceitação do Novo Tracker e da nova opção de motorização do Equinox.

0

Bem, o parrudão Trailblazer ganha boas mudanças na inédita grade frontal, que segue o estilo da atual linha global de utilitários do fabricante. É uma estrutura toda escura com o nome Chevrolet em alto relevo entre duas barras cromadas. A tradicional gravata dourada, emblema da marca, aparece pela primeira vez deslocada do centro: fica, agora, mais embaixo, à esquerda, sobre uma trama tipo colmeia. Para fechar o conjunto, faróis em LED e novo para-choque.

Conexão Wi-Fi

O Trailblazer segue a S10 e agora também traz uma conexão Wi-FI que permite conectar até sete aparelhos simultaneamente. Os engenheiros da marca garantem que ela funciona a até 15 metros de distância do veículo e é 12 vezes mais estável que uma conexão tradicional 4G. 

Tecnologia e segurança
O modelo também ganha  um pacote de tecnologia voltado ao entretenimento e à segurança. A nova central multimídia MyLink III ganha tela de 8 polegadas e agora projeta sem fio o conteúdo do seu celular via Android Auto e Apple CarPlay.

O Trailblazer já ofertava seis airbags de série (frontais, laterais e de cortina). Agora, teve reforçadas a estrutura da cabine. 

O sistema de frenagem autônoma de emergência, renovado, vale muito por ser agora acoplado ao detectores de colisão frontal e de pedestres. O sistema freia o veículo automaticamente ao identificar uma situação de risco envolvendo o veículo à frente ou um pedestre que esteja cruzando a dianteira. 

O recurso funciona de 8 km/h a 80 km/h e pode mitigar ou mesmo evitar um acidente. Entra em ação quando percebe que o condutor está distraído ou que o veículo logo à frente realizou uma manobra abrupta.

Como na picape S10, o Trailblazer conta com controle eletrônico de oscilação do trailer. Este sistema é capaz de identificar alguma instabilidade dinâmica da carreta e acionar seletivamente os freios do SUV para minimizar o efeito.

Outra boa inovação: a função de engate ganha linha-guia específica, zoom para facilitar a operação de acoplamento e a possibilidade de acionamento temporário da câmera traseira em plena viagem para uma checagem da situação do reboque.


E mais

√ As rodas de 18’’ ganharam ar mais esportivo: têm bordas usinadas e de seis aros chanfrados com um acabamento grafite exclusivo 

√ A capacidade para bagagem, dependendo da configuração dos bancos, vai de 205 litros a 1.830 litros

√ Em relação ao custo médio por quilômetro rodado, o SUV diesel se equipara a um SUV compacto flex. Porém, com autonomia quase 40% superior

√ A câmera de ré mudou para melhor: o item, que já contava com alerta de tráfego cruzado, passa a projetar imagens de alta definição. 

√ O motor turbo foi mantido, mas ganhou atualização do software e uma nova turbina – o que reduz o efeito turbo lag comum a veículos com torque elevado


 

Últimas notícias