Pegos na mentira! Críticos apontam erros na série de Harry e Meghan

A série sobre a vida de Harry e Meghan estreou na Netflix nesta quinta-feira (8/12). O casal se contradiz em algumas situações

Não se fala em outro assunto a não ser o lançamento da série documental Harry & Meghan no catálogo da Netflix, nesta quinta-feira (8/12). Quem já assistiu à primeira parte do programa, dividido em três episódios de mais de 50 minutos, pôde ter notado que o início do relacionamento dos duques de Sussex tem contradições. O detalhe não passou despercebido aos olhos e ouvidos dos telespectadores da produção.

Durante o primeiro episódio do programa, o príncipe Harry revelou ter conhecido a futura esposa “pelo Instagram”. Entretanto, o casal contou que havia sido de outra forma em entrevistas anteriores. Em conversa com a emissora BBC em 2017, o duque de Sussex chegou a fazer a seguinte confissão: “Foi definitivamente uma armação, um encontro às cegas”. Eles começaram a namorar secretamente em 2016 e subiram ao altar dois anos depois.

1/7
Imagem divulgada do casal na série documental
Harry e Meghan esbanjam romantismo
Os duques de Sussex em um passeio com o pet
Clique divertido de Harry e Meghan em uma cabine fotográfica
Passeio do casal apaixonado

No episódio da série da Netflix, o príncipe alegou: “Meghan e eu nos conhecemos no Instagram”. Ele disse que “estava percorrendo o feed” quando se deparou com um vídeo da futura esposa. Na filmagem, a então atriz de Hollywood surgiu com um filtro de cachorro no rosto. “Essa foi a primeira relação. Eu fiquei, tipo: ‘Quem é?'”. A duquesa de Sussex brincou ao afirmar: “Isso é ridículo”.

Série Harry & Meghan estreia na Netflix e causa rebuliço na realeza 

O príncipe se interessou e entrou em contato com um amigo em comum com Meghan. Ele também tinha visto a gravação divertida. No conteúdo do recado, Harry pediu ajuda para bater um papo com a atriz. A partir daí, os dois passaram a trocar mensagens de texto. O primeiro encontro do casal durou apenas uma hora. A dupla saiu e tomou um drinque.

A série sobre os duques de Sussex estreou nesta quinta-feira (8/12) no catálogo da Netflix

O primeiro encontro deles por pouco não se concretizou, pois Harry se atrasou. Com receio de Meghan ir embora, o príncipe enviou recados ao longo do trajeto rumo ao local. O duque de Sussex quis se explicar. “Ele continuou mandando mensagens de texto ‘estou no trânsito’ e ‘sinto muito'”, recordou. Eis que o filho do rei Charles interrompe a fala da esposa com: “Eu estava em pânico, enlouquecendo. Eu estava suando”.

Noivado

De acordo com o portal britânico The Sun, Harry e Meghan deixaram os telespectadores da série documental de queixo caído. No programa, o príncipe afirma ter pedido Meghan Markle em casamento em um jardim romântico e com decoração à luz de velas. Para comprovar, o casal mostra imagens do momento durante a atração da Netflix. Anos antes, eles confidenciaram que o noivado ocorreu em “uma noite aconchegante” com preparo de frango assado.

Meghan Markle e príncipe Harry rumo à recepção do casamento

Em bate-papo com o programa de tevê BBC One, Harry revelou detalhes do pedido de casamento semanas depois de acontecer. Eles noivaram em novembro de 2017. “Foi no início deste mês, aqui em nossa casa. Apenas uma noite típica padrão para nós”, afirmou o príncipe. A então atriz complementou: “Estávamos apenas assando frango. Foi uma surpresa incrível, tão doce, natural e muito romântico. Ele ficou de joelhos”.

Série

Antes de darem o play na série, os telespectadores se deparam com a seguinte sinopse: “Entre conflitos, racismo, sensacionalismo e processos, Harry e Meghan descrevem os desafios que enfrentaram e o motivo do afastamento da família real”. Na hora de descrever o elenco, os protagonistas optaram por serem chamados como “o duque e a duquesa de Sussex”, título dado pela falecida rainha Elizabeth II à época em que o casal ainda pertencia ao núcleo sênior da realeza.

O casal mostrou os bastidores do início do relacionamento

Para saber mais, siga o perfil da coluna no Instagram.