metropoles.com

Kim Kataguiri quer trégua com PT: “Há debate entre opostos”

Um dos fundadores do MBL, Kim convidou pessoalmente o petista Arlindo Chinaglia para participar de congresso anual do movimento de direita

atualizado

Compartilhar notícia

Hugo Barreto/Metrópoles
Posse na Câmara
1 de 1 Posse na Câmara - Foto: Hugo Barreto/Metrópoles

Um dos maiores detratores do Partido dos Trabalhadores (PT), inclusive sendo importante no apoio ao impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff, o deputado federal Kim Kataguiri (DEM-SP) surpreende a todos ao admitir que foi dele o convite para que o ex-presidente da Câmara dos Deputados Arlindo Chinaglia (PT-SP) participasse de uma mesa-redonda promovida por nada menos que o Movimento Brasil Livre (MBL).

Kataguiri explica que a intenção de incluir um nome de esquerda ao congresso anual do MBL é “combater a demonização da política mostrando que há debate civilizado entre opostos”. No caso, entre partidos da esquerda e de direita. “Fui eu que sugeri (a participação dele) e fiz o convite pessoalmente”, disse o deputado democrata.

Além da presença de Chinaglia, o congresso do MBL, que acontece em novembro, também convidou para ser um dos componentes da mesa o deputado federal Orlando Silva (PCdoB), ex-ministro dos Esportes nos governos de Lula e Dilma Rousseff. “É importante promover o debate”, emenda Kataguiri.

Compartilhar notícia

Quais assuntos você deseja receber?

sino

Parece que seu browser não está permitindo notificações. Siga os passos a baixo para habilitá-las:

1.

sino

Mais opções no Google Chrome

2.

sino

Configurações

3.

Configurações do site

4.

sino

Notificações

5.

sino

Os sites podem pedir para enviar notificações

metropoles.comNotícias Gerais

Você quer ficar por dentro das notícias mais importantes e receber notificações em tempo real?

Notificações