metropoles.com

Bolsonaro: “Raoni vive tomando champanhe e fala só pela aldeia dele”

Presidente afirmou em discurso na ONU que cacique foi cooptado e usado como peça de manobra por governos estrangeiros

atualizado

Compartilhar notícia

Michael Melo/Metrópoles
Bolsonaro sanciona MP da Liberdade Econômica
1 de 1 Bolsonaro sanciona MP da Liberdade Econômica - Foto: Michael Melo/Metrópoles

Como fez em discurso na Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU), o mandatário do país, Jair Bolsonaro (PSL), voltou a criticar o líder indígena Raoni Metuktire, da etnia Caiapó. Ao falar para garimpeiros, na portaria do Palácio do Planalto, nesta terça-feira (01/10/2019), o presidente da República disse que a liderança indígena “vive tomando champanhe” e fala só pela aldeia dele.

“Raoni fala pela aldeia dele, fala como cidadão, não fala por todos os índios. É outro que vive tomando champanhe em outros países por aí, esse tal de Raoni”, frisou o chefe do Executivo federal.

Na semana passada, em discurso na ONU, Bolsonaro afirmou que Raoni havia sido “cooptado e usado como peça de manobra por governos estrangeiros na sua guerra informacional para avançar seus interesses na Amazônia”.

Raoni Metuktire reagiu às provocações e, no último domingo (29/09/2019), em entrevista ao programa Fantástico, da Rede Globo, disparou: “Bolsonaro é mentiroso. Ele é doido”.

Compartilhar notícia

Quais assuntos você deseja receber?

sino

Parece que seu browser não está permitindo notificações. Siga os passos a baixo para habilitá-las:

1.

sino

Mais opções no Google Chrome

2.

sino

Configurações

3.

Configurações do site

4.

sino

Notificações

5.

sino

Os sites podem pedir para enviar notificações

metropoles.comNotícias Gerais

Você quer ficar por dentro das notícias mais importantes e receber notificações em tempo real?

Notificações