*
 
 

Em Brasília, tem uma quermesse bem clássica, que vai até o dia 13 de junho na Igrejinha de Nossa Senhora de Fátima (307/308 Sul). É como um esquenta para quem ama as festas juninas! O evento é produzido pela comunidade local e a comida servida lá tem sabor de tradição.

Fui há uns dois anos com um casal de amigos e os filhos. Pela primeira vez, provei o bolo de tapioca gelado e nunca mais me esqueci. Neste ano, estivemos por lá novamente e, depois de pamonha, pastel e cachorro-quente (sem salsicha), ataquei o bolo.

Chegando em casa, fui ver se era possível comer isso sempre, ou se é o tipo de sobremesa que a gente deixa para comprar pronta na rua.

A receita é fácil e não precisa assar! Vale só se preparar para não ficar assustado com a quantidade de açúcar e leite condensado. É uma sobremesa bem doce e com muita cara de junho. A tapioca usada não é aquela farinha que fazemos na frigideira de manhã, é a granulada (vendida no mercado)!



 


tapiocagastronomiacomermão na massabolo de tapioca