Queremos acreditar que somos capazes de controlar tempo e espaço. Quase nunca dá certo e, ainda assim, insistimos

LER MAIS

Despeça-se daquilo que não fará sentido algum daqui a um tempo. O restante não é pouco, é o essencial

LER MAIS

O mal que nos habita deriva de excessos, faltas e da angústia experimentada quando somos chamados a dar conta do considerado suficiente

LER MAIS

O masoquismo constitui uma dinâmica relacional complexa, manifestada nos vínculos de mais diferentes naturezas

LER MAIS

Tendemos a apoiar a nossa versão dos fatos, mas é injusto não se fazer disponível para compreender como o outro interpreta as circunstâncias

LER MAIS

Alguns elementos são como pedras: impossíveis de serem digeridos. Outros parecem menos nocivos, sabemos que serão arrotados ao longo do dia

LER MAIS

Porém, não podemos desmerecer a força dos ritos. Precisamos que o ano acabe para que a expectativa de renovação nos impulsione mudanças

LER MAIS

A real segurança não está na muralha impenetrável, e sim, em entendermos nossa capacidade de reconstrução sem precisar subtrair o outro

LER MAIS

Permitir-se viver bem é um dever tão primordial quanto respirar. Só assim nos tornamos capazes de construir nossos próprios caminhos

LER MAIS

Pessoas preferem engolir a seco, mas manter o semblante de serenidade — enquanto, por dentro, sentem-se corroer por afetos terríveis

LER MAIS

Quando colocamos nossos relatos em um pedestal, desvirtuamos sua origem. Aquilo que foi um grande feito se torna penoso, enfadonho

LER MAIS

Precisamos aprender a conviver com aquilo que o relógio impõe. Sem esse encontro pacífico, não há como experimentar a adequação na vida

LER MAIS