Especialista ensina técnicas que prometem aumentar o pênis: será?

A terapeuta tantra Beatriz Rios afirma que é possível, sim, aumentar o tamanho. Confira as dicas!

Reprodução/ Instagram

atualizado 11/02/2020 17:15

São inúmeras as propagandas na internet que prometem aumento do pênis, oferecendo variados tipos de técnicas, medicamentos e equipamentos. No entanto, a eficácia real é contestável, e o assunto, desmentido pela ciência.

A especialista em tantra Beatriz Rios alega que, por meio de estimulação peniana, massagens e métodos tântricos, é possível promover o fortalecimento do pênis. “Há muitos séculos, são conhecidas técnicas de massagens e exercícios tântricos que aumentam e prolongam o prazer, além de estimularem o crescimento do pênis com o fortalecimento do corpo cavernoso. Os resultados podem ser vistos não apenas no tamanho do pênis, que ganha alguns centímetros, como na performance e no dispêndio de toda essa energia sexual”, relata.

A profissional conta que as técnicas do tantra aliadas a exercícios e massagens específicos podem auxiliar homens com ejaculação precoce: “A técnica também ajuda quem sofre de ejaculação precoce e problemas de ereção, além de aumentar a rigidez do órgão. Por consequência, melhora a autoestima e satisfação com o próprio corpo”.

Contudo Beatriz alerta que não existem milagres: “ Os primeiros resultados aparecem depois de 30 dias. No início, os exercícios devem ser feitos três vezes por semana e levam em torno de 20 minutos. É preciso realizar as técnicas com o pênis aquecido, com uma toalha quente ou um banho morno, e ter muito cuidado para não exagerar e gerar lesões”.

“A técnica por si só não faz milagres nem vai transformar pessoas com pênis normais em monstros [risos]. Haverá ganhos em tamanho e comprimento, mas o principal benefício será no autorreconhecimento, no estar bem resolvido com o próprio corpo e a própria sexualidade, além do realinhamento da energia sexual”, esclarece.

Anel Peniano

Bastante procurados em sex shops, os anéis penianos são uma boa estratégia para homens que desejam retardar a ejaculação. A utilização indiscriminada e com pouca informação, porém, tem sido rechaçada por urologistas. “O uso pode ajudar homens que sofrem de disfunção erétil ou dificuldade de manter a ereção, já que prende a circulação de sangue no local, mantendo o pênis ereto por mais tempo.”, explica Beatriz.

Com isso, ele também dá a impressão de um pênis maior, já que as ereções se tornam mais potentes no momento do uso. “O ideal é que, a cada período de 20 minutos de uso, o anel seja removido e o local massageado para favorecer a circulação do sangue”, ensina.

O modelo tem que ser escolhido com muito cuidado e o diâmetro precisa ser apropriado para você. Por isso algumas marcas mais renomadas oferecem anéis em vários tamanhos.

Massagem com água quente

Existem relatos muito antigos de árabes que utilizavam essas técnicas para terem órgãos sexuais maiores e mais grossos, se tornando uma tradição milenar. O que se sabe, no entanto, é que as massagens podem ajudar a tornar o homem mais estimulado e, portanto, com um pênis mais duro e ereto, ganhando alguns centímetros úteis a mais.

Segundo a especialista, com o uso da água quente, a massagem promove dilatação dos vasos sanguíneos e melhor irrigação dos corpos cavernosos do pênis, favorecendo o aumento da grossura e do tamanho.

“As massagens consistem basicamente em acariciar o pênis, fazer movimentos que simulem o ato sexual. De preferência, use algum tipo de gel lubrificante (os que têm efeito quente ou frio podem ajudar ainda mais)”, complementa.

Exercícios penianos

A técnica mais recomendada é estimular o músculo PC e a cabeça do pênis, duas regiões hipersensíveis que podem garantir alguma libido a mais caso tratadas com carinho na hora do exercício. “Não custa nada tentar. Algumas pessoas alegam que têm obtido resultados”, frisa Beatriz.

Ela ensina três técnicas:

Alongamento normal: segurar no corpo do pênis 1 cm abaixo da glande e, depois, esticar ligeiramente com força suficiente para sentir o pênis esticando para fora, mas sem provocar dor. Manter a posição por 20 ou 30 segundos e relaxar. Repetir a técnica puxando o pênis para baixo, cima, direita e esquerda.

Alongamento invertido: colocar o dedão das duas mãos 1 cm abaixo da glande e os outros dedos por baixo do pênis, para suportar o órgão. Depois, puxar ligeiramente a pele para trás com o dedão, mas sem mover os dedos que estão por baixo, até sentir a pele alongando, porém, sem causar dor. Manter a posição por 20 segundos e relaxar. Por fim, repetir esses passos por 5 ou 7 vezes, descansando 5 segundos entre cada repetição.

Alongamento rotativo: agarrar o pênis 1 cm abaixo da glande usando apenas o indicador e o polegar de uma mão. Depois, puxar ligeiramente o pênis para fora até sentir uma ligeira pressão. Por fim, rodar o pênis em uma direção por 10 ou 15 segundos e,em seguida, na outra direção. Repetir esses passos entre 5 e 10 vezes, rodando 3 vezes para cada lado.

Massagem tântrica

Esta além de estimular o pênis, pode trazer orgasmos múltiplos. Eis o passo a passo para realizar uma massagem tântrica simples: “Em vez de subir e descer a mão com movimentos masturbatórios, tente apoiar o pênis com uma mão e acariciá-lo com a palma da outra, fazendo uma leve pressão. A mão deve deslizar pelo pênis, subindo e descendo. Toque a glande levemente com os dedos, enquanto a sua mão vai e volta. Movimentos de torção são bem-vindos, mas vá com calma para não ‘estrangular’ o pênis do parceiro e acabar com o clima”.


De acordo com Beatriz, a leveza é muito importante, mas é preciso colocar um pouco de pressão para dar certo. “Abrir e fechar os dedos sobre a glande, fazendo movimentos circulares, pode dar muito prazer.”

Últimas notícias