“Teve motivos”, diz Catia Paganote sobre agressão forjada de Pituxita

"Não estou aqui para julgar o que é certo e errado, também já fiz coisas erradas", declarou a ex-paquita

Reprodução/InstagramReprodução/Instagram

atualizado 04/07/2019 14:40

A ex-paquita Miúxa, Catia Paganote, se manifestou sobre o episódio polêmico envolvendo Ana Paula Almeida, a Pituxita. Após Xuxa revelar que não fala mais com a amiga — vista forjando uma agressão depois de denunciar o ex-marido à polícia, há quase dois meses —, Catia admitiu ter estendido a mão.

“Falei outro dia com ela. O que ela fez é no mundo dela, não posso julgar. Se ela fez, teve seus motivos. O que vi no vídeo foi que ela viu uma oportunidade de dar fim no desespero que estava passando”, disse ela ao portal UOL.

“Cada um de nós sabe o que passamos. De repente fez errado. Não estou aqui para julgar o que é certo e errado, também já fiz coisas erradas”, declarou ainda.

Catia contou, também, ter aconselhado Ana Paula. “Disse: ‘A hora que precisar, estou aqui’. Por mais que tenha feito algo que não foi legal, não precisamos virar as costas para ninguém, né?”, argumentou.

“A gente pode ajudar. Não é passar a mão, mas falar: ‘Acorda aí’. Se todo mundo vira as costas, poxa, não é legal”, lamentou Catia, concluindo: “Ela tem que se reconstruir no lado pessoal, sentimental, precisa ter pessoas que deem força. Ela não é uma pessoa ruim, má. Cria o filho dela, tem todo carinho com o menino”.

SOBRE O AUTOR
Saullo Brenner

Integrante da equipe do portal desde agosto de 2017, atua como repórter e social media. É autor do livro A Confissão de Palomino, publicado em 2019 pela Editora Metrópoles, e foi finalista do Prêmio Abracopel, na categoria Internet, em 2018.

Últimas notícias