Miss perde título após ter nudes vazados na Grã-Bretanha

Ela era uma das favoritas para vencer o concurso e foi impedida de participar da competição após os jurados receberem fotos da modelo

atualizado 23/02/2020 12:18

Reprodução/ Instagram

Uma das favoritas a Miss Grã-Bretanha de 2020 diz ter sofrido bullying virtual e que a “sabotagem” a deixou fora da final do maior concurso de beleza do país. Jurados teriam recebido emails anônimos com fotos e vídeos de topless de Portia-Valis Volkova, que concorria como representante de Kensington, segundo informações apuradas pelo The Daily Mail. Existe uma norma da organização que veta a participação de quem já fez ensaios com nudez.

Além disso, Portia, que tem 26 anos e também é musicista clássica, perdeu sua coroa distrital. “Parece que o bullying virtual venceu. Eu fiz esses ensaios quando eu tinha 21 anos e consegui arrecadar dinheiro para caridade. Não tenho vergonha de nada do que fiz e acho que é asqueroso que uma pessoa possa ser discriminada pelo seu passado”, afirmou em uma postagem em seu Instagram.

De acordo com a coordenadora do concurso de Miss Grã Bretanha, Kate Solomons, a principal preocupação da organização era proteger a competidora. “Garantir que Valis estivesse a salvo de trolagens, como vemos com muita frequência”, declarou em entrevista ao portal The Sun.

0

Em outro post nas redes, ela desejou sorte às demais competidoras. “Por conta de eventos lamentáveis, não vou poder mais participar da final e oficialmente renunciei à coroa de Miss Kensington. Dizer que estou de coração partido é pouco, mas eu tive os cinco melhores meses da minha vida como Miss Kensington, encontrando amigos para a vida toda e pelos quais sempre serei grata. Obrigada por tudo”.

 

Últimas notícias