Mariana Weickert, que teve Covid-19 grávida: “Ainda não beijei meu filho”

Weickert deu à luz dias após saber do diagnóstico. Agora, semanas após o parto, ela diz ainda ter receio de entrar em contato com o bebê

atualizado 11/07/2020 10:43

Mariana Weickert Reprodução/Instagram

A modelo e apresentadora Mariana Weickert deu à luz Felipe, seu segundo filho, dias após ser diagnosticada com Covid-19. Em recente entrevista à Veja, ela disse ainda não ter coragem de beijar o bebê sem máscara, mesmo três semanas após o parto e com a liberação do médico para entrar em contato direto com o neném.

“Ainda não tive coragem de beijar meu filho sem máscara, embora o pediatra tenha liberado. Passei da fase de contágio, e o Felipe testou negativo três vezes, mas me sinto insegura… Depois de tudo, eu me sinto mais forte e aliviada por ter corrido tudo bem. O Felipão já nasceu cheio de histórias para contar. Sei que daqui a pouquinho vou estar sufocando ele de tantos beijos”, desabafou Mariana.

0

Ela ainda lembrou como foi difícil encarar o diagnóstico prestes a dar à luz. “Tem hora em que me arrepio e choro só de me lembrar do nascimento do Felipe. Eu vivia um momento pleno, estava prestes a ter meu menino tão desejado, mas, de uma dia para outro, passei a experimentar um medo horrível. Testei positivo para Covid-19 quando estava no 38ª semana de gestação. E meu mundo desmoronou”, relatou.

Felipe nasceu em 26 de junho. No Instagram, um dia após o parto, Mariana chegou a dar detalhes emocionantes sobre o nascimento do menino, que aconteceu antes do esperado pela família.

“Num parto lindo, rápido e normal meu menino veio ao mundo! Não quis esperar dias melhores, momento mais oportuno, negativar o vírus da família ou qualquer coisa assim. Simplesmente chegou!”, anunciou ela no feed.

 

Ver essa foto no Instagram

 

E ontem, dia 26/06/20, às 19:19h, num parto lindo, rápido e normal meu menino veio ao mundo! Não quis esperar dias melhores, momento mais oportuno, negativar o vírus da família ou qualquer coisa assim. Simplesmente chegou!! Boa, meu filho, gostamos de emoções. Viemos ao hospital pra “forçar uma barra” e testar o COVID esperando um resultado negativo mesmo sabendo ser praticamente impossível em apenas 9 dias pós o primeiro diagnóstico. Como já estávamos no hospital, e a noite anterior com bastante contrações, achamos melhor fazermos o cardiotoco (exame de rotina nesse final). Quando o plantonista, finalmente, nos examinou já estávamos com 5 de dilatação. Resultado; vcs não vão mais embora. Como assim? Não trouxe nada, não avisei a Tetê, não me preparei. Afinal, estavamos só tentando buscar um exame negativo dessa loucura toda pra que o nosso bebê chegasse no ambiente mais seguro possível. Não deu tempo!! E no dia exato em que Felipe completava 39 semanas dentro de mim, resolveu nascer. Lindo! Forte! No seu momento! Foi emocionante! Poderia ter sido uma daquelas histórias de filmes em que o bebê teria nascido em casa ou no caminho da maternidade. Tudo aconteceu muito rápido! E mesmo cheios de medos e inseguranças pelas circunstâncias, nosso médico @dr.renatokalil e equipe encheram a gente de amor e certezas de que esse menininho chegou na hora certa, no momento certo e que o mundo sem ele estava totalmente incompleto. Maktub! Bem vindo pra transformar e COMPLETAR o meu mundo, Felipe. Te amamos infinito desde sempre! ❤️ @arthur.f.f ? @hannarocha #albumdoFil #felipewf

Uma publicação compartilhada por Mariana Weickert ?️➕ (@mariweickert) em

Últimas notícias